Por pbagora.com.br

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), fez nesta segunda-feira (31) durante entrega de urbanização em Campina Grande, o último discurso do ano. Ricardo fez uma retrospectiva de seu mandato, destacou melhorias que fizeram a Paraíba avançar e criticou a atuação de seus opositores.

Voltando o olhar para a Capital paraibana, Ricardo ressaltou as políticas públicas que mudaram a vida dos pessoenses, mas que segundo ele, vêm sendo esquecidas pelo atual gestor, o prefeito Luciano Cartaxo (PV). "Enquanto prefeito de João Pessoa, implantamos o Orçamento Democrático, que continua, só que deixou de ser Orçamento Democrático, passou a ser simplesmente uma reunião onde em anos eleitorais o prefeito se apresenta e em anos não eleitorais o prefeito desaparece", alfinetou o socialista.

Ricardo, que termina sua gestão com aprovação recorde de 84% dos paraibanos, disse ainda que a Paraíba, sob sua administração, se tornou o único estado a ter a ousadia de convidar a população para, junto com o governador, debater sobre de que forma seriam gastos os recursos de cada região. "Juntamos ao longo de oito anos 280 mil pessoas para poder debater a Paraíba, para poder chamar o povo para exigir mais do governador e do governo e para fazer com que esse dinheiro, que antes ra tão concentrado, pudesse atingir o cotidiano das pessoas", declarou.

 

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Notícias relacionadas

Pesquisador analisa efeito do fim das coligações que deve extinguir siglas

As eleições municipais do ano passado marcaram o fim das coligações entre partidos para a escolha dos vereadores. A medida, estabelecida pela emenda constitucional 97/2017, enfraqueceu e até representar o…

Campina limita funcionamento de bares, restaurantes e lojas de conveniência

A prefeitura de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, confirmou que haverá redução no horário de funcionamento de bares e restaurantes do município. A medida acontece em razão do avanço…