VÍDEO: contagiado com clima de “paz”, João Gonçalves garante que não prejudicará RC

O deputado João Gonçalves disse, na manhã dessa terça-feira (16) em
plenário, que não pretende dificultar a gestão futura do estado, estando
aberto a sugestões para melhorar o desenvolvimento da Paraíba.

Gonçalves afirmou ainda estar à disposição para fazer o que for necessário
para legislar as matérias orçamentárias da Casa. O parlamentar criticou o
não andamento do orçamento por falta de quorum no Plenário para votar os
vetos da LDO, de autoria do poder Executivo.

Segundo o deputado, a não votação está impedindo o andamento da matéria
“estou pedindo aos colegas que venham, dezenove deputados, para que possamos
votar os vetos e dar andamento à peça orçamentária”.

Gonçalves falou a respeito da participação do governador eleito Ricardo
Coutinho na LDO “a comissão de orçamento está aberta para qualquer
discussão, não estamos para querer discórdia ou debater politicamente com
ninguém. Estamos aqui para fazer o que é melhor para a Paraíba”, disse.

Após alguns portais informarem sobre um encontro entre Ricardo Coutinho e
João Gonçalves, em um dos restaurantes da cidade, o parlamentar comentou o
assunto. O deputado disse que o encontro aconteceu de forma casual “foi
rapidamente e ocasionalmente. Conversamos e houve a indução com relação a
questão do orçamento e fui bem claro quanto à abertura para estas discussões
na Casa”.

O deputado esclareceu ainda sobre um veto, de autoria do poder executivo,
que reduziria os repasses de duodécimos de alguns poderes. Gonçalves afirmou
que houve um equívoco na Casa, já que a Comissão Orçamentária havia
derrubado a emenda do deputado Aguinaldo Ribeiro, que alterava os valores
percentuais dos poderes e mesmo assim, quando enviado ao Poder Executivo,
ela constava como aprovada. O governador vetou mesmo não sendo objeto de
veto. Segundo João Gonçalves “o ato foi um erro da redação final”.

Ainda de acordo com o presidente da Comissão de orçamento, assim que os
vetos da LDO forem votados, será elaborado um calendário da peça
orçamentária – a LOA e anunciada ainda a realização de uma audiência Pública
“todas as entidades, as secretarias, enfim, que queiram vir participar,
estarão aqui no Plenário desta Casa, debatendo e discutindo àquilo que
interessa à eles e tudo que envolve esta peça”.

João ainda comentou a sugestão do deputado Zenóbio Toscano de RC opinar na
Comissão de Orçamento “não precisa o deputado Zenóbio querer dizer o que a
comissão deve fazer, ela sabe de seu papel institucional. Já reforcei desde
a semana passada que a comissão está aberta para o governo que vai se
instalar a partir de primeiro de janeiro e qualquer cidadão que queira
qualquer esclarecimento. Não vamos politizar nem discutir de forma
eleitoral, até porque as eleições já passaram”, concluiu.
 

p>

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João anuncia a Delegacia de Roubos e Furtos de Patos e a de Combate à Corrupção

O governador João Azevedo anuncia, em solenidade na próxima terça-feira, às 10h00, na sede da Acadepol, a criação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos na cidade de Patos-PB e…

Prefeito de Patos diz que vai diminuir distância com o legislativo e que não vai ‘abrir caixa preta’ da gestão anterior

O comando da gestão municipal da morada do sol – Patos, Sertão Paraibano – voltou às mãos de um profissional da saúde. Depois do médico Dinaldinho Wanderley (PSDB), que está…