Segundo o TSE, Ricardo Barbosa recebeu doações de campanha sem emitir os recibos

As coisas se complicaram para o secretário executivo do PAC e superintendente da Suplan, Ricardo Barbosa, que teve suas contas da campanha de 2010 rejeitadas por unanimidade pela corte do Tribunal Superior Eleitoral, mantendo a decisão do TRE-PB.

Ele ainda pode recorrer da decisão com um Recurso Especial junto ao Supremo Tribunal Federal, onde também não deve ter sucesso, por conta das irregularidades contidas na prestação de contas de sua campanha e o placar desfavorável nas duas esferas jurídicas.

O TRE-PB desaprovou as contas por constatar irregularidade insanável consubstanciada na realização de gastos de campanha antes da abertura de conta bancária específica e recebimento de doações sem a correspondente emissão de recibos eleitorais. Tais falhas estariam em desacordo com o que preceituam os artigos. 1º, III e IV, e 23, § único, da Res.-TSE nº 23.217/2010.

A decisão tira o sono de Ricardo Barbosa, que é pré-candidato a Deputado Estadual pelo partido do governador, o PSB, e pode deixá-lo inelegível.

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bruno afirma ter apoio de vereadores de Romero para disputar PMCG

Prestes a se encontrar com o ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), para discutir a sucessão municipal de 2020, o ex-deputado Bruno Cunha Lima, e atual secretário-chefe do Gabinete do…

Lucélio Cartaxo assume presidência do PV em João Pessoa

O Partido Verde (PV) anunciou um novo nome para a presidência do diretório de João Pessoa: Lucélio Cartaxo. Secretário-chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Lucélio alcançou…