O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Marcelo Ribeiro determinou nesta quarta-feira (15) que a prefeita cassada de Campos dos Goytacazes (RJ), Rosinha Garotinho, e seu vice reassumam os cargos. Eles foram condenados pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado por abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação. Cabe recurso.

O motivo da decisão foi o julgamento desta terça-feira (14) sobre o registro de candidatura de Anthony Garotinho. O TSE anulou a condenação do deputado federal eleito. Ele havia sido condenado a ficar inelegível no mesmo processo que a mulher, por isso ela foi beneficiada pelo entendimento do tribunal.

Na decisão liminar, o ministro do TSE determinou também a suspensão da realização de novas eleições para prefeitura do município, marcadas para fevereiro de 2011. O processo que condenou o casal Garotinho voltará à primeira instância da Justiça Eleitoral do Rio e será julgado novamente.

O motivo da condenação do casal Garotinho foi uma entrevista dada por ela ao marido em um programa de rádio da região. Na ocasião, Rosinha anunciou sua pré-candidatura à prefeitura de Campos.

Com o afastamento de Rosinha do cargo, assumiu a Prefeitura de Campos o presidente da Câmara de Vereadores, Nelson Nahim (PR), irmão de Anthony Garotinho.

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lula pede que STF compartilhe as conversas da Vaza Jato

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apresentou nesta terça-feira (13) um habeas corpus para que o ministro do STF Alexandre de Moraes divulgue as conversas em…

Líder na ALPB diz ser contra privatização das BRs 101 e 230 na Paraíba

Em entrevista à imprensa paraibana o ex-deputado federal e líder do bloco governista o deputado estadual Wilson Filho (PTB) opinou sendo contrário, a inclusão dos trechos das BRs 101 e…