Por pbagora.com.br

EXPECTATIVA: Tribunal Superior Eleitoral deve julgar hoje o pedido de impugnação da candidatura do ex-governador Cássio Cunha Lima

O Tribunal Superior Eleitoral deve julgar nesta quinta-feira, dia 19, o recurso impetrado por Cássio Cunha Lima, candidato ao Senado Federal, contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, que impugnou o registro de candidatura do ex-governador com base na Lei 135/2010, a ‘Lei Ficha Limpa’.

Hoje é o último dia estabelecido pela Legislação Eleitoral para que o TSE julgue os casos de impugnação, mas o prazo ainda pode ser prorrogado.

O recurso ordinário do ex-governador contra a decisão do TRE paraibano chegou ontem à mesa da Procuradoria Geral Eleitoral. O despacho enviando o recurso do ex-governador tucano à PGE foi assinado às 13h49 pelo relator do processo, ministro Marcos Aurélio.

Marco Aurélio é o ministro que considera que a Lei do Ficha Limpa fere o princípio da anualidade e deve ser aplicada apenas nas próximas eleições. O TSE, no entanto, ao julgar caso concreto, derrubou por cinco votos a dois este tese.

A esperança dos advogados do tucano recaem agora sobre o princípio da retroatividade, que não permite que uma lei retroaja para prejudicar em casos já julgados.

 

Redação 

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo destaca que parceria com Cícero fará bem a Capital

O governador João Azevêdo votou na manhã deste domingo (15), no Colégio Primeiro Mundo, no bairro de Manaíra, em João Pessoa. Após votar, o governador da Paraíba avaliou a parceria…

População fugiu dos extremos, diz João sobre vitória de Cicero

A população escolheu ‘fugir’ dos extremos neste pleito. A avaliação é do governador João Azevêdo (Cidadnia) ao comentar o resultado da eleição em João Pessoa que deu a vitória ao…