Por pbagora.com.br

Prazo para troca de domicílio eleitoral começa nesta quinta-feira

Os eleitores que estiverem fora do domicílio eleitoral nos dias 3 e 31 de outubro – datas do primeiro e segundo turno da eleição – vão poder votar para presidente. O chamado voto em trânsito vale apenas para os eleitores que se cadastrarem na Justiça Eleitoral entre esta quinta-feira (15) e o dia 15 de agosto. Esta é a primeira vez que os eleitores vão poder votar para presidente mesmo estando fora de sua cidade.

Para votar fora de seu domicílio, o eleitor precisará se registrar, indicando em qual capital vai querer votar no primeiro turno das eleições. O registro poderá ser feito em qualquer cartório eleitoral do país e só será admitido para os eleitores que estiverem em dia com as obrigações eleitorais.

Esse prazo também é o mesmo para o eleitor se habilitar a votar fora do seu domicílio no dia 31 de outubro, caso haja segundo turno para presidente. Se não estiver na capital para a qual tenha sido transferido provisoriamente, o eleitor deverá justificar a ausência em qualquer seção eleitoral.
 

 

Urnas exclusivas para o voto em trânsito serão instaladas nas capitais do país, em locais previamente definidos pelos Tribunais Regionais Eleitorais. Para a instalação de uma seção especial, é preciso que a capital do Estado tenha recebido o pedido de transferência provisória de no mínimo 50 eleitores. Do contrário, a habilitação será cancelada e os eleitores serão informados da impossibilidade de votar, devendo justificar o voto ou votar no seu local de origem.

No dia 5 de setembro, os eleitores em trânsito poderão conferir o seu local de votação nos sites do TSE ou do TRE.

 

R7

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em São Bento: MPE ajuíza Aije por candidaturas ‘fantasmas’ na Câmara

O Ministério Público Eleitoral ajuizou uma ação de investigação judicial eleitoral (Aije) contra 16 candidatos do Partido Republicano da Ordem Social (Pros), do município de São Bento, por candidatura fictícia…

Prefeita eleita de Conde protocola no TCE/PB denúncia contra gestão Márcia

A equipe de transição indicada pela prefeita eleita do município de Conde-PB, Karla Pimentel, protocolou no tribunal de Contas do Estado da Paraíba, na manhã desta quarta-feira, 02/12/2020, denúncia em…