Por pbagora.com.br

Balanço da infidelidade: Trinta parlamentares trocaram de partido no Congresso; dois da PB

Levantamento feito pelo Congresso em Foco nas lideranças partidárias e nos gabinetes parlamentares mostra que pelo menos 26 deputados e quatro senadores trocaram de partido nas duas últimas semanas.

A lista a seguir difere da publicada no último sábado, reproduzida do Correio Braziliense, por causa de dois nomes. Foi incluído o senador Expedito Filho (RO), que trocou o PR pelo PSDB. Já o deputado Geraldo Thadeu (MG) desistiu, na última hora, de se filiar ao PSDB. Seu nome foi excluído porque, segundo sua assessoria, ele segue no PPS.

Das 11 legendas que perderam parlamentares até o último sábado, somente o DEM e o PDT vão entrar na Justiça eleitoral para reaver as vagas na Câmara ou no Senado. Outras duas, PT e PMN, ainda devem analisar nos próximos dias o caminho que vão tomar (leia mais).

O número de parlamentares que mudaram de legenda pode ser ainda maior, já que algumas lideranças ainda esperam pela confirmação do destino de alguns congressistas, que estudavam trocar de sigla.

Veja a relação dos parlamentares que mudaram de partido:

Deputados

 

Bispo Rodovalho (DF) – deixou o DEM; foi para o PP
 

Carlos A. Canuto (AL) – deixou o PMDB; foi para o PSC
 

Davi Alves (MA) – deixou o PDT; foi para o PR
 

Dr. Nechar (SP) – deixou o PV; foi para o PP
 

Edmar Moreira (MG) – havia deixado o DEM; foi para o PR
 

Geraldo Pudim (RJ) – deixou o PMDB; foi para o PR
 

Henrique Afonso (AC) – deixou o PT, foi para o PV
 

Jairo Carneiro (BA) – deixou o DEM; foi para o PP
 

Jefferson Campos (SP) – deixou o PTB; foi para o PSB
 

José Carlos Araújo (BA) – deixou o PR; foi para o PDT
 

José Carlos Vieira (SC) – deixou o DEM; foi para o PR
 

Laerte Bessa (DF) – deixou o PMDB; foi para o PSC
 

Luiz Bassuma (BA) – deixou PT; foi para o PV
 

Manoel Júnior (PB) – deixou o PSB; foi para o PMDB

Marcelo Itagiba (RJ) – deixou o PMDB; foi para o PSDB
 

Márcio Marinho (BA) – deixou o PR; foi para o PRB
 

Marcondes Gadelha (PB) – deixou o PSB; foi para o PSC
 

Nilmar Ruiz (TO) – deixou o DEM; foi para o PR
 

Pastor Manuel Ferreira (RJ) – deixou o PTB; foi para o PR
 

Pastor Pedro Ribeiro (CE) – deixou o PMDB; foi para o PR
 

Rita Camata (ES) – deixou o PMDB; foi para o PSDB
 

Severiano Alves (BA) – deixou o PDT; foi para o PMDB
 

Silvio Costa (PE) – deixou o PMN; foi para o PTB
 

Uldurico Pinto (BA) – deixou o PMN; foi para o PHS
 

William Woo (SP) – deixou o PSDB; foi para o PPS
 

Zequinha Marinho (PA) – deixou o PMDB; foi para o PSC

 

Senadores

 

Expedito Filho (RO) – deixou o PR, foi para o PSDB
 

Flávio Arns (PR) – deixou o PT; foi para o PSDB
 

Mão Santa (PI) – deixou o PMDB; foi para o PSC
 

Marina Silva (AC) – deixou o PT; foi para o PV
 

 

Congresso em Foco

Notícias relacionadas

Covid-19: Paraíba registra 1079 novos casos e 18 óbitos neste domingo

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, neste domingo (16), 1.079 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 54 (5%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.023 (95%) são…

Progressistas vira ‘noiva cobiçada’ da situação e da oposição para as eleições de 2022

O partido Progressistas, da senadora Daniella Ribeiro e do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, respectivamente, pode ser o fiel da balança nas eleições do ano que vem. A legenda tem vínculos…