Por pbagora.com.br

O procurador geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro do Vale Filho, foi recebido em audiência, no final da tarde desta terça-feira (17.08), pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ricardo Marcelo (PSDB).

Oswaldo Trigueiro também aproveitou a oportunidade para declarar que “a gestão do presidente Ricardo Marcelo é muito bem vista pela sociedade paraibana”.
O chefe do Ministério Público Estadual ressaltou que chamou atenção da sociedade “a coragem” do deputado Ricardo Marcelo ao adotar medidas de austeridades que resultaram em contenção de despesa no Poder Legislativo do Estado. “O presidente Ricardo Marcelo adotou medidas de contenção de despesa, as quais são vistas como antipáticas, principalmente em períodos eleitorais. Mas que são indispensáveis à gestão pública. Isso é um grande exemplo para a Paraíba, para o Brasil”, comentou.

Ricardo Marcelo reafirmou ao procurador geral de Justiça que conduzirá a Assembleia Legislativa sempre visando o zelo pela coisa pública. Ele ressaltou que sua experiência na iniciativa privada, como empresário, o levou a adotar medidas de contenção de despesa, como forma de otimizar os recurso do Poder Legislativo. “Nós temos receitas e por isso precisamos estar atentos as despesas. Não podemos gastar mais do que recebemos. Alem disso, tenho uma formação de honestidade que me leva à consciência de que temos o dever de zelar pelo dinheiro público”, assegurou.

O presidente da Assembleia Legislativa informou que o procurador Oswaldo Trigueiro do Vale Filho aproveitou ocasião para pedir apoio do Legislativo para a efetivação do denominado Fundo de Direito Difuso.
Após ouvir o pleito, Ricardo Marcelo disse que o Fundo de Direito Difuso terá total apoio da Casa de Epitácio Pessoa, principalmente porque os recursos do mesmo são revertidos à sociedade. “O Ministério Público vem à nossa Casa pedir apoio para instalar um Fundo que já existe, mas que falta apoio para a sua efetiva instalação. Por isso, vamos dar total apoio a esse pedido do procurador Oswaldo Trigueiro”, garantiu.
 

 

ALPB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: a pergunta suicida de Nilvan a Cícero. Quem terá sido o autor da infeliz ideia?

A coisa soou tão absurdamente negativa para Nilvan que não seria demais perguntar se foi ingenuidade ou má fé. Ingenuidade se partiu do candidato; má fé se o orientaram a…

Desmascarando fake news: certidões do TRE e TCU provam que Cícero é ficha limpa e 100% elegível

Os advogados da coligação “Pra cuidar de João Pessoa” apresentaram nesta quinta-feira (26) duas certidões como resposta a mais uma onda criminosa de fake news plantadas contra o candidato à…