Nos próximo 15 dias deverá ser retomado, pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), o julgamento do processo da Operação Sanguessuga envolvendo o vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro. A Operação Sanguessuga foi deflagrada pela Polícia Federal em 2006.

O vice-prefeito é investigado por, supostamente, participar de esquema criminoso de desvio de recursos públicos federais. De acordo com o processo, esses recursos deveriam ter sido destinados à área de saúde. Em 2006, Enivaldo Ribeiro atuava como deputado federal, cargo que ocupou entre os anos de 1995 a 2007.

De acordo com a denúncia, o esquema criminoso agia de forma fraudulenta na venda de ambulâncias e equipamentos hospitalares.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Só entro para ser o presidente”, diz Galdino sobre possibilidade de ingresso noutra sigla

Em entrevista a imprensa nesta semana o que o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba deputado estadual Adriano Galdino (PSB), voltou a comentar a possibilidade de sair dos quadros do…

Opinião: Cartaxo não leu Darwin e coloca sua própria evolução política em risco

“Publicada em 1859 pelo cientista britânico Charles Darwin, a obra “Sobre a origem das espécies através da seleção natural” introduziu pela primeira vez a ideia da evolução por meio da…