Nos próximo 15 dias deverá ser retomado, pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), o julgamento do processo da Operação Sanguessuga envolvendo o vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro. A Operação Sanguessuga foi deflagrada pela Polícia Federal em 2006.

O vice-prefeito é investigado por, supostamente, participar de esquema criminoso de desvio de recursos públicos federais. De acordo com o processo, esses recursos deveriam ter sido destinados à área de saúde. Em 2006, Enivaldo Ribeiro atuava como deputado federal, cargo que ocupou entre os anos de 1995 a 2007.

De acordo com a denúncia, o esquema criminoso agia de forma fraudulenta na venda de ambulâncias e equipamentos hospitalares.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Suplente de deputado do PT é cotado para assumir secretaria do OD

O suplente de deputado estadual Anísio Maia (PT) pode assumir a secretaria do Orçamento Democrático no lugar do atual gestor Célio Alves. A informação vem sendo divulgada por alguns veículos…

Prefeito pede a Aguinaldo que 14ª Vara Federal de Patos não seja transferida

O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) recebeu o pedido do prefeito Netto Gomes, da cidade de São José de Espinharas, para que auxilie na permanência da 14ª Vara da Justiça…