Por pbagora.com.br

Seguindo à risca o caminho do dedicado pai-de-família Cássio Cunha Lima (PSDB), que abandonou temporariamente a sua participação na “Caravana da Verdade” na noite da sexta-feira passada, para poder se dedicar à dupla comemoração dos aniversários de seus filhos Diogo e Marcela, o ex-prefeito da Capital, Ricardo Coutinho (PSB, na foto ao lado) tem se revelado um excelente aprendiz de futuro papai.

Bebezinhos no colo

Não tem um só comício, seja lá em qualquer lugar onde for realizado, em que Ricardo deixe de pegar no colo e balançar em seus braços um bebezinho, quase sempre vestidos de roupinha laranja (cor predominante na campanha dele rumo ao Palácio da Redenção).

Gugu… dada… pa… papá!!!

Pouco importa que o comício esteja barulhento, devido ao som dos discursos propagados pelos alto-falantes dos trios elétricos, mas Ricardo não resiste ao seu forte instinto paternal e vai até onde as mães estão, pedindo para beijar as criancinhas com cabeças ornamentadas por coroas de flores feitas com girassóis de plástico.

Candidato vira pop-star 

Ricardo já foi fotografado segurando pirralhinhos debaixo da sombra de um frondoso pé-de-castanholas, em cima da carroceria de um caminhão e também em outros locais, quer chova, quer faça sol, pois em quase todas as cidades por onde ele passa repete-se esta cena, como se o ex-prefeito fosse um autêntico pop-star, uma espécie de Michael Jackson da política paraibana.

Herdeiro é um menino

Todos sabem, pois é público e notório, que o candidato socialista a governador do Estado pela coligação “Uma Nova Paraíba” vai ter um filho – homem – praticamente na véspera da eleição, que é para quando está prevista a data do parto, após o rebento ser gerado no ventre da apresentadora de TV Pâmela Bório.

O primogênito carioca

Ricardo já tem outro filho, Rick Vieira Coutinho, de 25 anos, que mora com a mãe, no Rio de Janeiro, mas veio para João Pessoa logo no início deste ano, nos mês de janeiro, quando surgiram os primeiros movimentos da atual campanha política.

Filho veio com a mãe

Rick passou uns dias hospedado num apartamento do Ouro Branco Praia Hotel, localizado no bairro de Tambaú, mas depois se mudou para uma residência na praia do Bessa, junto com a ex-esposa de Ricardo, sua genitora.

Acompanhando o paizão

Ele chegou a participar de alguns atos partidários no período pré-eleitoral, como os Encontrões das Oposições, realizados em João Pessoa e Campina Grande, além da vaquejada do Parque Ivandro Cunha Lima e da solenidade de reinauguração do estádio municipal Leonardo da Silveira (o antigo campinho da Graça, em Cruz das Armas).

O sumiço de Rick

Estranhamente, logo depois de ter travado uma discussão pelo twitter com o ex-secretário de Administração, Articulação Política e Desenvolvimento Urbano da PMJP, professor Francisco Barreto, o garoto sumiu dos locais públicos e nunca mais deu sinal de vida, desaparecendo – inclusive – da Internet.

Quatro meses fora do ar

Sem postar mais nenhuma mensagem, Rick deixou de freqüentar o twitter desde o mês de março deste ano, cuja antiga página dele é atualmente dada como inexistente, pela resposta automática do sistema operacional utilizado pela rede social onde ele mantinha seu microblog.

Pausa na “Caravana da Verdade”

Voltando ao ex-governador: ele pediu compreensão e desculpas aos amigos de Remígio, Barra de Santa Rosa, Nova Floresta, Cuité e Picuí por não vê-los, porque a visita oficial dos candidatos oposicionistas a esses municípios estava programada na agenda – coincidentemente – para o mesmo dia do aniversário do seu filho mais velho, Diogo.

Família em primeiro lugar

Cássio foi ao lado de Ricardo até Esperança, mas voltou logo em seguida, somente para dar um beijo de parabéns em Diogo e Marcela. A festa familiar foi realizada em João Pessoa, junto apenas aos parentes e amigos mais próximos.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Romero volta a colocar o nome à disposição para eleições 2022

Após fazer o seu sucessor na Prefeitura Municipal de Campina Grande, o prefeito Romero Rodrigues, do PSD, já está de olhos no processo eleitoral de 2022. Romero disse que seu…

Na mira do MP: 22 prefeitos não assinaram acordos para o fim dos lixões na Paraíba

O Ministério Público estadual (MPPB) deu prazo de um ano para que prefeitos paraibanos fechassem lixões e dessem destino adequado a resíduos sólidos – o prazo será encerrado em 1º…