Por pbagora.com.br
 
 

Por unanimidade, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) decidiu pelo deferimento da candidatura a prefeito de Esperança de Arnaldo Monteiro (Solidariedade), na noite de ontem (11).

Em seu voto, o Desembargador relator, Joás de Brito Pereira, foi de encontro a decisão da juíza zonal, que alegava que Arnaldo Monteiro estava inelegível. Arnaldo já foi prefeito de Esperança e deputado estadual.

O magistrado seguiu a jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral e confirmou a elegibilidade do candidato Arnaldo Monteiro por não existir enriquecimento ilícito em condenação posta pelo Tribunal Regional Federal da 5ª região em 2018.

 

Redação

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: brio abalado da oposição impõe alerta à aliança vitoriosa formada entre João, os Ribeiro e Cícero

Um novo tempo chegou. Os governos estadual e da Capital são outros. Restou às velhas oposições na Paraíba lideradas de um lado pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e do outro…

Ruy: “Imunizar a população deve ser a prioridade para garantir retomada econômica”

O deputado federal Ruy Carneiro participou da sessão deliberativa que aprovou, nesta quarta-feira (2), a MP 994/20, que destina R$ 1,99 bilhão para o Ministério da Saúde, para a compra…