O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) recebeu até agora 41 representações por  supostas irregularidades na disputa eleitoral deste ano na Paraíba. Segundo informações da Secretaria Judiciária do órgão, dessas, seis foram referentes a pesquisas; 18 ao guia e 17 relativas ao uso irregular da Internet, rádios ou outdoor para realização de propaganda eleitoral.

O número de representações está bem abaixo das últimas eleições para governador, em 2014, quando apenas na primeira semana de exibição do guia haviam sido registradas 22 representações. Nas eleições deste ano, em quase 15 dias de apresentação do guia.

Essas representações são levadas à Corte para julgamento do mérito, mas antes são apreciadas pelos juízes auxiliares da Propaganda do TRE, que atuam como relatores desses processos, que deferem ou não os pedidos liminares, para direito de resposta ou para retirada da propaganda do ar, ou suspende a divulgação. Nas eleições deste ano estão atuando como juízes auxiliares no TRE-PB o desembargador Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, o juiz federal Emiliano Zapata de Miranda Leitão e o Juiz de direito Kéops de Vasconcelos Amaral Vieira Pires.

De acordo com o advogado Fábio Andrade, que atua na coordenação jurídica da campanha da coligação “A Força do Trabalho”, as representações até então apresentadas discutiram sobre a participação de apoiadores dos candidatos na propaganda eleitoral, a possibilidade de utilização de imagens de vídeo externas, jingles e vinhetas sem a presença dos candidatos. O MDB questionou a leitura da carta de Lula apoiando João.

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado retoma mandato na ALPB após licença de 120 dias

Após licença de 120 s deputado Branco Mendes retomou as atividades legislativas na Casa de Epitácio Pessoa nesta terça-feira (22). Com isso, Trócolli Júnior (Podemos), voltou a condição de suplente.…

Julian desqualifica acusações de ex-dirigente do PSL/SE: “Não é ninguém”

O deputado federal Julian Lemos, do PSL/PB, reagiu, nesta terça-feira (22), às declarações do ex-presidente do PSL de Sergipe, João Tarantela, contra ele – sobre um suposto complô na legenda…