O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou hoje liminar em pedido de mandado de segurança e manteve a cassação do prefeito de Ipatinga, Sebastião Quintão (PMDB). A juíza responsável pela 131º Zona Eleitoral da cidade mineira, Maria Aparecida de Oliveira Andrade Grossi, acatou na noite de sexta-feira denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE) e determinou a cassação de Quintão por abuso de poder econômico nas eleições municipais e rejeição de contas de campanha.

O peemedebista concorreu no ano passado à reeleição, mas terminou em segundo lugar, atrás de Chico Ferramenta (PT), cujo registro da candidatura foi cassado às vésperas de sua posse. Com a decisão, Quintão assumiu, mas também acabou cassado. A juíza determinou ainda que o presidente da Câmara Municipal, Robson Gomes (PPS), assuma o cargo até que o TRE agende novas eleições.


Agência Estado

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cícero Lucena troca PSDB de Cássio por PP de Aguinaldo Ribeiro

Uma das novidades no último dia para filiação partidária, neste sábado (04), foi a filiação do ex-senador Cícero Lucena aos quadros do Progressistas na Paraíba. O caboclinho, como é conhecido,…

Zennedy Bezerra desiste de candidatura para atuar contra o coronavírus na PMJP

O combate ao Covid-19 fez com que o secretário Zennedy Bezerra (PV) desistisse de deixar seu cargo na Secretaria de de Desenvolvimento Urbano de João Pessoa. Por lei, o secretário…