A Paraíba o tempo todo  |

TJPB rejeita habeas corpus e mantém prisão preventiva de Coriolano Coutinho

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O TJPB rejeitou novo pedido de habeas corpus de Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e com isso manteve sua prisão preventiva.

A decisão foi do desembargador Ricardo Vital de Almeida, relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).

A defesa de Coriolano teria justificado o pedido afirmando que o réu “apresenta comorbidades e compõe grupo de risco para a Covid-19, fazendo, assim, jus à substituição da prisão preventiva por medidas cautelares diversas”, mas o argumento não foi acatado.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe