O Título de Cidadania Pessoense concedido ao presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) na útima quarta-feira (20) continua gerando polêmica. O líder da bancada de oposição na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), Marcos Henriques (PT), protocolou no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) um pedido de liminar contra o título.

O objetivo da ação, de acordo com o parlamentar, é suspender o projeto de lei que determina a concessão do Título de Cidadão Pessoense ao presidente. Para Marcos Henriques, a Lei Orgânica de João Pessoa determina que a concessão do título de cidadania só pode ocorrer se o projeto de lei contar com o voto favorável de 2/3 da Casa Legislativa.

– Em números reais, sendo necessário dezoito votos a favor, uma vez que há na Casa Legislativa 27 parlamentares, o que não aconteceu – afirmou.

A votação foi registrada com duas abstenções, três votos contra e apenas 12 votos favorávei ao o projeto de lei.

 

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPF ajuíza ação de improbidade contra prefeito do Sertão

O Ministério Público Federal (MPF) em Patos (PB) ajuizou ação de improbidade contra Aldo Lustosa, prefeito de Imaculada, município localizado no Sertão paraibano; mais oito pessoas (Dineudes Possidônio, Madson Lustosa,…

Sem mandato, Cássio garante que continuará colaborando com a Paraíba e classifica como remota tese de disputar PMCG

Sem mandato há seis meses, o ex governador e ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), praticamente afastou a possibilidade de disputar a prefeitura de Campina Grande nas eleições do próximo…