Ao ser indagado sobre a crise existente entre a ala do governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) e do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), o vereador pessoense Tibério Limeira – que também é filiado ao mesmo partido, saiu em defesa do chefe do Executivo estadual destacando é preciso antes de tudo se desarmar os ânimos.

“Desde 2003, portanto há 16 anos, sou filiado ao PSB. Sou daquela ala que entende que, com os espíritos desarmados, poderemos contornar essa situação. Afinal, derrotamos [em 2018] forças emergentes e antigas da política paraibana. Por isso, devemos trabalhar para unificar o PSB, defender seu projeto”, disse Limeira.

Os conflitos começaram desde que o então presidente estadual da legenda, Edvaldo Rosas, foi alvo de uma intervenção por parte do diretório nacional e retirado do cargo, após ter sido nomeado secretário pelo governador João Azevêdo. Nos bastidores, o nome do ex-governador Ricardo Coutinho é cogitado para ocupar a presidência estadual do partido.

“Cabe a nós proteger o legado do PSB, de muitos anos de transformação na Paraíba, proteger o governo e o governador João Azevêdo que, afinal de contas, vem fazendo um grande trabalho. Enfim, não há motivo para essa crise toda. Eu acho que governo não tem dono, o dono do governo é o povo da Paraíba”, opinou Tibério.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cautelares impõem que Renan não poderá voltar à CMCG nem sair da cidade

A decisão de ontem (19) do juiz Vinícius Costa Vidor, da Justiça Federal na Paraíba (JFPB), impôs medidas cautelares ao vereador Renan Maracajá e o parlamentar não poderá exercer poderes…

VÍDEO: em meio à crise no PSB, Sandra afaga ego da gestão Cartaxo

A vereadora socialista Sandra Marrocos (PSB) surpreendeu na noite dessa quinta-feira (19) durante assembleia do Orçamento Participativo na região dos Bancários promovida pela gestão do prefeito Luciano Cartaxo, ao elencar…