Ao ser indagado sobre a crise existente entre a ala do governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) e do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), o vereador pessoense Tibério Limeira – que também é filiado ao mesmo partido, saiu em defesa do chefe do Executivo estadual destacando é preciso antes de tudo se desarmar os ânimos.

“Desde 2003, portanto há 16 anos, sou filiado ao PSB. Sou daquela ala que entende que, com os espíritos desarmados, poderemos contornar essa situação. Afinal, derrotamos [em 2018] forças emergentes e antigas da política paraibana. Por isso, devemos trabalhar para unificar o PSB, defender seu projeto”, disse Limeira.

Os conflitos começaram desde que o então presidente estadual da legenda, Edvaldo Rosas, foi alvo de uma intervenção por parte do diretório nacional e retirado do cargo, após ter sido nomeado secretário pelo governador João Azevêdo. Nos bastidores, o nome do ex-governador Ricardo Coutinho é cogitado para ocupar a presidência estadual do partido.

“Cabe a nós proteger o legado do PSB, de muitos anos de transformação na Paraíba, proteger o governo e o governador João Azevêdo que, afinal de contas, vem fazendo um grande trabalho. Enfim, não há motivo para essa crise toda. Eu acho que governo não tem dono, o dono do governo é o povo da Paraíba”, opinou Tibério.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Advogados paraibanos comentam decisão do STF sobre prisão em 2ª instância que beneficiou o ex-presidente Lula

A decisão de 6X5 do Supremo Tribunal Federal (STF) que possibilitou a liberdade do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva na última sexta-feira (08), foi comentada por alguns advogados paraibanos…

CMJP debate LOA 2020, educação e turismo na Ponta do Seixas

Debates sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA), educação para uma sociedade pacificadora e políticas públicas voltadas à valorização do turismo na Ponta do Seixas movimentarão a Câmara Municipal de João…