Reafirmando um apelo feito no dia 19 de setembro, um dia após o PSB entregar os cargos do Governo da presidente Dilma Rousseff (PT), o deputado estadual Anísio Maia (PT), exigiu que todos os petistas com cargos no Governo de Ricardo Coutinho (PSB), também deixassem suas ocupações, em solidariedade ao PT nacional. Líder da bancada petista na Assembleia Legislativa, Anísio Maia, quer o PT totalmente fora do governo para ficar livre para pedir votos para a presidente Dilma Rousseff (PT), que disputará à reeleição.

Essa tese começa a ganhar corpo, considerando o ato tomado pelos petistas de Pernambuco.

Cerca de 25 membros do PT que ocupavam cargos de segundo e terceiro escalão na Secretaria Estadual de Saúde e na Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI) resolveram deixar o governo. A informação foi confirmada pelo senador Humberto Costa, segundo a Folha.

Em recente encontro com a presidente Dilma, Lula defendeu que o PT isolasse o PSB nos Estados. O PTB já entregou os cargos que tinha no governo Campos e confirmou apoio à campanha de reeleição da presidente Dilma.

No governo socialista, o Partido dos Trabalhadores ocupa dois cargos de destaque, com Marenilson Batista, secretário de Desenvolvimento Agricultura e Pesca e Cida Ramos, na Secretaria de Desenvolvimento Humano do Estado.

"Já que o PSB é nosso adversário, adversário da presidente Dilma, não tem sentido os petistas continuarem fazendo parte desse governo que no próximo ano estará lutando por uma candidatura contra o PT", disparou Anísio.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nabor defende união de forças da classe política após renúncia de prefeito de Patos

Após a renúncia ao cargo de prefeito pelo interino Sales Júnior, no município de Patos, o deputado estadual Nabor Wanderley destacou a necessidade de união em prol da cidade. Sales…

Análise – Rompidos, ou não, a verdade é: quem tem cargos no governo está sendo chamado ao palácio para declarar se fica com João ou RC

Se o rompimento político entre João Azevedo e Ricardo Coutinho será contornado, ou não, aí é com Mãe Diná… No mais, a verdade é que – há uma semana –…