A Paraíba o tempo todo  |

Termoelétrica de Campina Grande que custou R$ 300 milhões é fechada

 Depois de uma determinação do Ministério de Minas e Energia e aprovação do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), 33 termelétricas do país foram desligadas entre a zero hora de ontem e a zero hora de hoje. Uma delas foi a usina de Campina Grande, que pertence ao grupo Borborema Energética S/A.

Apesar do Governo Federal determinar o desligamento de somente as termoelétricas de áreas onde as chuvas foram suficientes para encher muitos reservatórios das hidrelétricas em algumas regiões do país. Há de Campina Grande foi desligada apesar do manancial que abastece a cidade o açude Epitácio Pessoa localizado na cidade de Boqueirão estar prestes a entrar em racionamento. A termoelétrica de Campina Grande custou aos cofres públicos mais de R$ 300 milhões.

Conforme o gerente administrativo e financeiro da Borborema Energética S/A, Sérgio Cândido, a empresa realizou uma reunião ontem para chegar às implicações que o desligamento trará para a cidade. Ele informou que cumprindo ao que foi solicitado, a empresa interrompeu o ligamento.

Ele explicou que a termoelétrica de Campina Grande funciona com 169 MW por hora, informando que a nova usina que está sendo construída, a Lambari, funcionará de modo complementar à primeira e terá uma capacidade produtiva de 82 MW.

A Borborema Energética, de Campina Grande, entrou em funcionamento desde outubro do ano passado, no bairro do Velame. O desligamento das termoelétricas, segundo o governo federal, não implicará em nenhuma demissão e faz parte de medidas adotadas dentro do padrão normal de funcionalidade das unidades.

 

 

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe