Por pbagora.com.br

A polêmica em tono da campanha eleitoral deste ano em forma presencial versus a pandemia causada pelo novo coronavírus vem à tona mais uma vez com a proximidade do período para a realização das convenções partidárias. Em entrevista a secretária judiciária do Tribunal Regional Eleitoral na Paraíba (TRE-PB), Aline Vilar, destacou que apesar do modelo presencial não estar sendo proibido pela Justiça Eleitoral na realização das convenções, os partidos políticos devem observar a pandemia sanitária. Ela também comentou sobre quais partidos já marcaram suas datas.

Segundo ela, essa e outras advertências da Justiça Eleitoral estão na Resolução 23.623 que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou e divulgou há poucos dias e precisam ser seguidas à risca pelos pré-candidatos e pelas agremiações partidárias que estão entrando na disputa eleitoral. Pela resolução, além das regras sanitárias para a modalidade presencial das convenções partidárias liberadas desde a segunda-feira (31), e que deverão ocorrer até o próximo dia 16, os partidos podem definir suas candidaturas majoritária e proporcionais, mas, para tanto, precisam estar registrados no TRE até a data da convenção. “Após os eventos, passado o prazo de um dia, precisam encaminhar a ata da convenção à Justiça Eleitoral pela internet, por meio do sistema Candex, que está disponível no site do TRE paraibano”, disse.

Convenções já agendadas
Até o momento a coordenação de campanha do DEM de João Pessoa, que tem como pré-candidato a prefeito o ex-deputado estadual Raoni Mendes, definiu como o dia 12 de setembro sua convenção. A informação é do próprio pré-candidato, ao salientar que estão sendo discutidos a definição da modalidade da convenção, se presencial ou se via internet, como tem acontecido com as lives da agremiação partidária desde março do ano.

O vereador João Almeida, pré-candidato do Solidariedade à prefeitura da capital, disse que seu partido estará fazendo a mesma coisa, mas em reunião que deve acontecer nesta semana, e que todas as precauções da Justiça Eleitoral serão levadas em conta. Coordenador da campanha do PSDB, Gustavo Nogueira, disse que ainda não havia nada definido a esse respeito, mas que ainda no decorrer desta semana o próprio pré-candidato, deputado federal Ruy Carneiro, vai sentar para tratar do assunto com seus auxiliares. “Inclusive sobre o nome do vice”, disse.

Gerson Vasconcelos, do Rede Sustentabilidade, também informou que a data e o local da convenção serão anunciados ainda no meio da semana, e que a previsão é para entre os dias 12 e 16. “Quanto ao candidato a vice, estamos fazendo uma construção coletiva”, completou. O PSoL, do pré-candidato Carlos Monteiro, também tem reunião do diretório municipal marcada para definir a data da convenção no decorrer desta semana. Ainda na capital paraibana, o MDB e o Progressistas já definiram as datas de suas convenções. O evento do MDB acontecerá no dia 15 de setembro. Em João Pessoa, a sigla disputa a prefeitura com o pré-candidato Nilvan Ferreira.

No dia 16 de setembro será a vez do Progressistas, que apresenta o ex-prefeito Cícero Lucena como pré-candidato. Em outras regiões da Paraíba, alguns partidos também já anunciaram as datas de realização de suas convenções, a exemplo do MDB em Guarabira, no dia 15; PSDB, também de Guarabira, no dia 9; MDB em Campina Grande, no dia 16; PCdoB em Campina Grande, dia 16; Patriota em Campina Grande, dia 12; e o Progressistas em Soledade, no dia 11 de setembro.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mesmo com pedido de impuganação de registro, Anísio inicia campanha em JP

Apesar do pedido de impugnação do registro de sua candidatura, protocolado pelo Ministério Público Eleitoral, o deputado estadual Anísio Maia, do PT, deu início, neste domingo (27), à sua campanha…

JP tem número recorde de candidatos a prefeito e a vereador nestas eleições

Oficialmente a campanha eleitoral começou neste domingo (27), sendo que a partir do dia 10 de outubro, começa a propamanda gratuita no rádio e na TV. Por conta da pandemia,…