Por pbagora.com.br

Reportagem de Marta Salomon, publicada na edição de hoje da Folha (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL), informa que a CPI da Petrobras já conta com indícios de superfaturamento de pelo menos R$ 230 milhões em contratos da estatal. O valor resulta de investigações do TCU (Tribunal de Contas da União) em que os ministros determinaram bloqueio de pagamentos ou a devolução de dinheiro pago irregularmente.

De acordo com a reportagem, tramitam no TCU 171 processos –ainda sem decisão final. Esse número não conta os casos que tramitam na unidade do TCU no Rio, onde funciona a sede da Petrobras.

A reportagem informa que os relatórios produzidos até aqui pelas investigações do TCU serão encaminhados à CPI assim que eles pedirem. A CPI ainda não foi instalada.

A reportagem cita entre esses processos o que apurou superfaturamento de R$ 94,6 milhões nas obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. A obra foi citada na Operação Castelo de Areia, da Polícia Federal, que investiga supostos crimes financeiros cometidos por diretores da Camargo Corrêa. A operação também identificou supostos repasses ilegais da construtora a partidos políticos.

Outro lado

A Petrobras não comentou o levantamento do TCU. Afirmou que é constantemente auditada pelo tribunal e colabora com as auditorias.

 

 

 

Folha

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Outubro Rosa: Ruy apresenta guia especial sobre a luta contra o câncer de mama

Mostrando a sensibilidade que sua gestão terá em relação às pessoas, o candidato à prefeitura de João Pessoa, Ruy Carneiro, dedicou todo o seu guia eleitoral a contar a história…

Raoni apresenta propostas para a juventude durante encontro

O candidato a prefeito de João Pessoa, Raoni Mendes (DEM), recebeu vários jovens para um bate-papo sobre futuro e oportunidades. O democrata ressaltou a importância da participação da juventude na…