A Paraíba o tempo todo  |
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

TCE evita comentar denúncia contra assessor militar da presidência

TCE evita comentar denúncia contra assessor militar da presidência acusado de tentar tomar terra de viúva
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

TCE evita comentar denúncia contra assessor militar da presidência acusado de tentar tomar terra de viúva

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba decidiu ignorar a boletim de ocorrência feito contra o coronel Souza Lima, assessor militar da Presidência do Tribunal de Contas do Estado, que ontem, segunda-feira (22), foi denunciado por tentar tomar a terra de uma viúva, no bairro do Altiplano Cabo Branco, em João Pessoa, sem ordem judicial, e anunciou, nesta terça-feira (23), que não se pronunciará sobre o caso.

Segundo a assessoria do TCE/PB, o assunto envolvendo o assessor da presidência não diz respeito ao órgão nem ao funcionamento da instituição, portanto não será comentado, nem por entrevista, nem por meio de nota à imprensa.

No momento da operação de desapropriação do terreno, comandada pelo assessor militar da presidência do Tribunal de Contas, no entanto, ocorria expediente e, não se sabe se o Coronel estaria no momento de folga das atribuições no órgão ou se havia deixado o posto para poder acompanhar um amigo na realização da desapropriação.

ENTENDA

No boletim de ocorrência, contra o militar, que foi registrado na 10ª Delegacia Distrital da Capital, a pescadora Erni Ferreira Lacerda, viúva do pescador Chico Buchudo acusa o coronel de tê-la ameaçado e tentado retirá-la à força do sítio onde reside com os filhos.

Segundo a denunciante, que na ocasião estava acompanhada de sua filha Dalila Ferreira Lacerda de Lima, o coronel , vestido com a farda da Polícia Militar, chegou ao seu sítio fazendo companhia a um senhor de nome Paulo de Oliveira Fernandes e a sua respectiva esposa, este último se anunciando como o legítimo proprietário da terra e mandou que a viúva desocupasse imediatamente o imóvel que, segundo ela, pertence ao seu falecido marido há mais de 50 anos e no qual ela reside com os filhos há cerca de 25.

A viúva contou que ao interpelar o coronel Souza Lima se ele portava algum mandado judicial, este respondeu que sim,embora não tenha exibido qualquer documento.O coronel, conforme a viúva narrou no Boletim de Ocorrência, também teria dito que se precisasse levaria o batalhão inteiro para retira-la do imóvel.Ela informou que o coronel estava armado e passou o tempo todo ameaçando os ocupantes do terreno.

Nesse meio tempo, um sobrinho da viúva chegou ao local e ao perguntar sobre o que estava havendo, foi advertido pela esposa do Sr. Paulo Fernandes, sobre se gostaria de passar um período no Presídio.A denunciante contou também que o coronel ameaçou a sua filha Dalila e quando ela anunciou que iria ligar para um seu irmão, o coronel teria respondido que se ele viesse, iria mata-lo.

O OUTRO LADO

Em contato telefônico com o blog do Tião Lucena, o coronel Souza Lima contou que um médico do TCE, seu amigo, pediu para ele acompanha-lo até o Altiplano, onde tinha um terreno e queria cercá-lo.Como conhece bem a região, o coronel acompanhou o médico de nome Paulo Fernandes. E ao chegarem lá, constatou que o terreno era o ocupado pela senhora Erni Ferreira Lacerda.

O coronel negou qualquer tipo de agressão e até disse que era amigo de um filho da viúva, militar como ele, com quem falou ao telefone e recebeu dele agradecimentos por estar lá garantindo a paz no local.

LEIA TAMBÉM: Coronel, assessor do TCE, é acusado na Polícia de tentar tomar terra de viúva sem ordem judicial

 

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe