Líder do prefeito Ricardo Coutinho (PSB) na Câmara Municipal de João Pessoa, o vereador Aristávora Santos (PTB) disse neste sábado (14) ao Portal PB Agora que a candidatura de Ricardo para o governo do Estado em 2010 é irreversível e quem não estiver, dentro do PSB e da base aliada, aceitando isso terá que deixar o grupo.

“O PSB cresceu assim como o projeto de Ricardo e não tem como ele não entrar nessa disputa neste momento”, afirmou o vereador, prevendo rachas entre o PSB e PMDB.

Para ele, o projeto dos dois partidos se choca em 2010. “O projeto do PMDB de Maranhão e Veneziano (prefeito de Campina) é comum ao do PSB com Ricardo Coutinho, então não se tem como manter essa aliança por muito tempo”, declarou o vereador.

Internamente, Tavinho disse que o PSB também que resolver divergências. A mais importante delas é a com o deputado federal Manoel Júnior, que recentemente andou trocando farpas com Edvaldo Rosas, vice-presidente do PSB paraibano. Júnior discorda de qualquer aproximação do PSB com o projeto do governador Cássio Cunha Lima (PSDB). E não defende abertamente a candidatura de Ricardo, mas “ a união das forças de oposição na Paraíba”.

“Manoel Júnior terá que acompanhar as idéias do PSB”, declarou.
 

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jackson Macêdo é reeleito presidente estadual do PT da PB

A etapa estadual do 7º Congresso Nacional do PT – Lula Livre, definiu novas diretrizes as lutas políticas do Partido dos Trabalhadores na Paraíba (PT/PB). O encontro aconteceu neste sábado…

Meta é trabalhar: João diz que ainda não pensou em um possível 2º mandato

Ainda é muito cedo para que o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) possa pensar em uma possível reeleição. Marinheiro de primeira viagem, o gestor exerce o seu primeiro mandato…