Taça da discórdia: Nelson permite RC entregar troféu ao Belo e deixa Cartaxo magoado

Presente nas horas difíceis, prefeito se magoou por ter sido "trocado" por adversário no pódium

O governador Ricardo Coutinho (PSB) e o prefeito Luciano Cartaxo acompanhavam no Almeidão da grande final da série D do Campeonato Brasileiro 2013, que consagrou o Botafogo como campeão, com o placar de 2 a 0 sobre o time do Juventude-RS. Até aí tudo caminhava muito bem.

Porém, logo após a partida, Ricardo Coutinho entregou o título ao clube paraibano ao lado do presidente Nelson Lira, para a tristeza de Luciano Cartaxo. A queixa é de que no momento da glória, a taça foi entregue por seu maior adversário.

A entrega da taça teria sido acertada durante uma conversa entre Nelson Lira e Ricardo Coutinho num almoço realizado horas antes da partida na Granja Santana e fez com que a imagem do governador fosse valorizada na entrega do prêmio no pódium para a divulgação na mídia estadual e nacional, deixando o prefeito excluído das imagens.

Responsável pela implantação do programa ‘João Pessoa de Todas as Torcidas’ com o objetivo de resgatar a paixão do pessoense pelo futebol através de investimentos aos três principais times da Capital, Botafogo, Auto Esporte e CSP, Cartaxo teria ficado bastante magoado com o episódio, porque chegou a viajar ao sertão com o ‘Belo’ numa fase em que o time estava desacreditado no campeonato paraibano. 

Para reparar a mágoa do prefeito, o presidente do Botafogo preparou uma homenagem para Cartaxo nesta segunda-feira (4) às 12h no restaurante Sal e Brasa.

Com a palavra o presidente Nelson Lira.

PB Agora
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Tributos: Aguinaldo defende retorno em serviços na cobrança dos impostos

Relator da Reforma Tributária na Câmara dos Deputados, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP/PB) participou, nesta terça-feira (20) de uma Audiência Pública na Comissão Especial para discutir a PEC 45/2019,…

Saiba como se dá escolha de candidatos para eleições municipais

Não há eleições ordinárias em 2019, mas a Justiça Eleitoral e os partidos políticos já estão em plena preparação para as Eleições Municipais de 2020. Essa antecipação se justifica pelo…