A Paraíba o tempo todo  |

Suplente de vereador explica por que rompeu com Romero e aderiu a projeto de Azevedo

O suplente de vereador e ex-assessor da prefeitura de Campina Grande, Miguel Neto (PSDC), explicou os motivos que o levaram a romper com a campanha de Lucélio Cartaxo (PV), e apoiar a candidata de João Azevedo (PSB) para governo do Estado, e Veneziano Vital do Rêgo (PSB), para o Senado Federal.

 

Aliado histórico do clã Cunha Lima, e forte liderança na cidade, Miguel disse que o ingresso do ex senador Ney Suassuna na campanha do PSB, na condição de primeiro suplente de Veneziano Vital, pesou em sua decisão.

 

Eleitor do deputado estadual e candidato a reeleição, Tovar Correia Lima, ele garantiu que continua votando em Tovar, mas agora o seu voto para governador e senador são dos socialistas.

 

 

Miguel nunciou seu rompimento com o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) e, consequentemente, com Lucélio Cartaxo (PV), esta semana. Em carta publicada nas redes sociais, Miguel relata que vinha sofrendo perseguições e retaliações dentro da gestão campinense e, por essa razão, aderiu à campanha de João Azevêdo (PSB).

 

A vinda de Miguel para o grupo girassol, segundo ele relata, se deve a uma articulação por parte do candidato ao senado, Veneziano Vital(PSB), e do seu vice Ney Suassuna,aonde teve uma rápida conversa com o candidato a governador João Azevêdo(PSB), confirmando que vai votar com o projeto socialista.

 

“Mesmo como adversário, João me escutou atentamente e detalhadamente”, completou.

Em 2016, Miguel Neto disputou um mandato de vereador, aonde obteve 1.938 votos, ficando na segunda suplência.

 

Confira a carta, na íntegra:

Meu nome é Miguel!
Aos amigos queridos agradeço o incondicional apoio que tenho recebido de vocês a todo momento. A absoluta solidariedade contra retaliações e perseguições que são traços de uma prática política que o Brasil esta vencendo.

Na vida meu maior patrimônio é a fé em Deus, família, amigos e a verdade.
Através do Senador Ney e do Senador Veneziano, pude conversar rapidamente com o candidato João Azevedo sobre Campina Grande e suas necessidades, mesmo como adversário João me escutou atentamente e detalhadamente falou de cada ação que participou em Campina Grande, Escola Técnica Estadual, abertura das Avenidas João Suassuna e Almeida Barreto, Parque do Bodocongó, adutora São José, Conjunto Habitacional Ronaldo Cunha Lima e Raimundo Suassuna, novo Cine São José, Rodovias para Catolé de Boa Vista e Jenipapo. Questionei qual era seu projeto maior em Campina se eleito for, ele falou que alem de muitos conjuntos habitacionais, será o VLT, veículo leve sobre trilhos interligando o Aluizio Campos ao hospital da FAP, que foi indicação dos Senadores Veneziano e Ney, pois as verbas foram conseguidas e a obra foi abandonada.
Com muita firmeza de caráter e senso de justiça, pela afinidade de projetos e honestidade, contra a política mesquinha da perseguição e pelos quase 2000 votos que Campina me confiou, eu Miguel Neto, honestamente e pelo melhor para nosso povo VOTAREI pra Governador do Estado no cidadão, no professor no engenheiro, no POLÍTICO LEAL João Azevedo. Meu nome é JOÃO! 40!

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe