Os prejuízos com a paralisação das obras de triplicação da BR-230 devem durar até a próxima segunda-feira (21), quando o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes na Paraíba (Dnit-PB), Rainer Branco, destaca a retomada das obras.

A obra foi paralisada na última semana, após simplesmente a empresa responsável, o Consórcio Copasa/Construcap, ter abandonado o local. Devido a isso, ontem (15), ter ocorrido uma reunião entre as duas partes. Segundo Rainer, a justificativa apresentada pela empresa é que o pessoal estava saindo de férias coletivas. “Nada que justificasse a ação feita da forma como foi feita, de forma unilateral. Eles paralisaram os serviços sem anuência, de forma individual”, opinou o superintendente do Dnit-PB.

Para Rainer Branco, não houve nenhum problema de repasse de recursos da União para a empresa e disse que caso as obras não retomem no prazo estipulado, irá ouvir as alegações da empresa para então poder tomar as devidas providências. Conforme Rainer Branco, a primeira etapa da obra que estava prevista para ser entregue em fevereiro de 2020 sofreu um atraso.

 

Redação   

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em nota, Governo do Estado expressa pesar pela morte de Marcus Odilon

O Governo do Estado, através de nota, expressou pesar pela morte do ex-prefeito de Santa Rita Marcus Odilon. A administração estadual disse estar solidária a dor de amigos e familiares.…

Análise: após o Carnaval, a Paraíba será cenário de guerra política

A conclusão é óbvia. Após o período de Carnaval o clima de certa “afabilidade” entre deputados federais, estaduais, prefeitos, vereadores e o próprio governador João Azevêdo (Cidadania) será modificado drasticamente,…