Os prejuízos com a paralisação das obras de triplicação da BR-230 devem durar até a próxima segunda-feira (21), quando o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes na Paraíba (Dnit-PB), Rainer Branco, destaca a retomada das obras.

A obra foi paralisada na última semana, após simplesmente a empresa responsável, o Consórcio Copasa/Construcap, ter abandonado o local. Devido a isso, ontem (15), ter ocorrido uma reunião entre as duas partes. Segundo Rainer, a justificativa apresentada pela empresa é que o pessoal estava saindo de férias coletivas. “Nada que justificasse a ação feita da forma como foi feita, de forma unilateral. Eles paralisaram os serviços sem anuência, de forma individual”, opinou o superintendente do Dnit-PB.

Para Rainer Branco, não houve nenhum problema de repasse de recursos da União para a empresa e disse que caso as obras não retomem no prazo estipulado, irá ouvir as alegações da empresa para então poder tomar as devidas providências. Conforme Rainer Branco, a primeira etapa da obra que estava prevista para ser entregue em fevereiro de 2020 sofreu um atraso.

 

Redação   

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Não vou impor o meu nome” enfatiza Eduardo Carneiro sobre 2020

“Não vou impor meu nome para que as pessoas engulam goela abaixo” assim enfatizou o deputado estadual Eduardo Carneiro (PRTB) que a indicação do seu nome como opção para disputar…

Galdino elege dois requisitos primordiais na definição da nova casa partidária

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB) ratificou, em entrevista, a intenção de deixar os quadros do PSB paraibano assim que for aberta uma janela partidária, mas,…