O prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima perdeu mais uma na justiça. O Superior Tribunal de Justiça decidiu nesta quinta-feira (14) negar mais um pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do prefeito que seguirá preso no 5º Batalhão de Polícia Militar, em João Pessoa. A decisão será publicada no diário na próxima segunda-feira (18).

 

Berg foi preso em flagrante no dia 5 de julho em operação da Polícia Civil e Ministério Público quando recebia suposta propina de um fornecedor da Prefeitura de Bayeux.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado pré-candidato à PMCG chama vereador da situação de “vereadorzinho”

Em clima de pré disputa eleitoral em Campina Grande, o vereador Márcio Melo (PSDC), e o deputado estadual e pré candidato a PMCG Inácio Falcão (PC d B), trocaram farpas…

Em nota, Assembleia lamenta morte do ex-deputado Marcus Odilon

Em nota emitida na manhã desta segunda-feira (24), o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, lamentou a morte do ex-deputado estadual e ex-prefeito de Santa Rita, Marcus Odilon.…