Por pbagora.com.br

Dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas na Paraíba (Stiupb), estiveram, no último dia 21 passado, na Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados, quando foi entregue um documento contra a MP que buscar  facilitar a privatização dos recursos hídricos.

 

O documento nasceu a partir da realização do Fórum Alternativo Mundial da Água –  Fama, que  aconteceu  em Brasília (de 17 a 22), e contou com as participações dos dirigentes do Stiupb: Wilton Maia Velez; Guilherme Mateus de Barros e Osvaldo Aristides.

 

Presentes à entrega do documento: os deputados federais, Daniel-PT-SE; Paulo Teixeira-PT-SP; Nilto Tatto-PT-SP; Janete Capiberibe-PSB-Amapá;Orlando Silva-PC do B-SP; Deputado Estadual  Marcelino Gallo-PT-SP e representando o Deputado Federal Pe. Luiz Couto-PT-PB (Leonardo) e Deputada  Margarida Salomão-PT-MG ( Ronaldo).  O Deputado Federal, Presidente da CDU, Givaldo Vieira -PC do B- justificou  ausência  e enviou  seu Chefe  de Gabinete, Vicente Macedo.

 

O Dodumento destaca a luta que houve no País para a implementação da Lei Nacional de Saneamento Básico e suas conquistas e que agora pretende ser reformulada pelo Governo Temer para favorecer o capital privado.

 

No contato com dirigentes sindicais em Brasília, Wilton Maia relatou a luta que o Stiupb teve em Campina Grande, a partir do Projeto de Parceria Público-Privado, apresentada pelo prefeito Romero Rodrigues (PSDB), à Câmara Municipal e que só foi retirado de pauta após intensos embates na Câmara e inúmeros protestos nas ruas.

 

A PPP tinha por objetivo gerenciar, não apenas os serviços de esgoto, mas os recursos hídricos de um modo geral (fornecimento da água), hoje a cargo do Estado, através da Cagepa.

 

 

 

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

RC confirma vinda de Lula à PB para participar de sua campanha eleitoral

Após a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann confirmar o apoio do partido à candidatura do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na disputa eleitoral em João Pessoa, agora foi a vez…