Por pbagora.com.br

Supremo admite que pode livrar Cássio Cunha Lima da cassação e impedir a posse de Wilson Santiago no Senado Federal; G1 destaca situação do tucano

Não foi ainda desta vez que o futuro político de Cássio Cunha Lima (PSDB) foi definido. Mesmo sob ameaça de ter seu registro de candidatura negado por foça da Lei “Ficha Limpa”, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), tomada na tarde desta quarta-feira (27), não afeta diretamente o caso do ex-governador, mas apenas aqueles que renunciaram o mandato para fugir da cassação.

Com base na decisão, os outros casos em que já incide a punição da nova lei (já julgados em órgão colegiado) serão analisados um a um, de forma diferenciada, considerando o contexto e seus desdobramentos. No caso do tucano paraibano, acredita-se que será analisado se o mesmo já cumpriu ou não sua pena. Caso o STF entenda que o ex-governador não mereça prorrogação de sua punição, cai por terra irrevogavelmente os planos do terceiro colocado, Wilson Santiago (PMDB), chegar ao Senado Federal.

O próprio “réu” explicou como se encontra sua situação. Em declaração lançada no twitter, Cássio afirma que a decisão da Suprema Corte não atinge diretamente sua condição, o que deixa em aberto o destino de seus mais de um milhão de votos.

“O julgamento do STF ontem não tem qualquer influência no meu processo. A própria Corte anunciou que julgará caso a caso. À vitória”, twitou.

Diversos portais de notícia do país deram ênfase à decisão polêmico (tomada em meio a uma sessão bastante agitada) salientando a questão da distinção dos casos. Um desses sites a destacar a situação foi o G1, que, inclusive, usou o ex-governador da Paraíba como exemplo.

Leia também:

Candidatos com condenação por decisão colegiada poderão se ‘livrar’ da cassação, alerta presidente do TSE

Confira as imagens
 

 

Luis Alberto Guedes

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nilvan garante retorno das aulas das escolas privadas de JP em janeiro

Candidato do MDB à prefeitura esteve reunido, nesta segunda-feira, com representantes do setor educacional da Capital Em reunião com entidades e representantes de escolas particulares, o candidato do MDB a…

Levantamento revela queda de candidatos eleitos ligados a polícias e forças armadas

Embora as Eleições 2020 tenham registrado um número recorde de candidaturas de militares, o resultado das urnas mostra que eles não tiveram tanto sucesso quanto em 2016. Dados do Tribunal…