Por pbagora.com.br

Na tarde desta terça-feira (18), o Supremo Tribunal Federal (STF) negou o pedido do grupo liderado pelo prefeito interino Kita (Cidadania) para suspender a eleição indireta em Bayeux. Com a nova decisão, a Câmara Municipal terá, obrigatoriamente, que eleger um novo prefeito em votação nesta quarta-feira (19).

ELEIÇÕES INDIRETAS

Ao todo, seis chapas se candidataram no último dia 07 de agosto, mas, os integrantes da Chapa 1, Carlos Antônio dos Santos e Amanda Fernandes, desistiram de concorrer ao pleito na semana passada.

Leia também:
Manobra deve impedir realização de eleição indireta em Bayeux, nesta 4ª

Além disso, a Chapa 3 encabeçada pelo atual presidente da Câmara Inaldo Andrade, com Lucília Luiz de Freitas como candidata a vice, foi impugnada.

Desta forma, seguem assegurados na disputa as referidas chapas:

Chapa 2:
Candidato a prefeito: Luciene Andrade Gomes Martinho (Luciene de Fofinho)
Candidato a vice-prefeito: Adriano Martins de Lima

Chapa 4:
Candidato a prefeito: Ardinildo Moraes dos Santos
Candidato a vice-prefeito: Janicleide de Lima Paiva

Chapa 5:
Candidato a prefeito: Jefferson Luiz Dantas da Silva (Jefferson Kita, prefeito interino)
Candidato a vice-prefeito: Fabiano Constantino do Rego

Chapa 6:
Candidato a prefeito: Roni Peterson de Andrade Alencar
Candidato a vice-prefeito: Fernando Ramalho Diniz

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“O PT não dá golpe, o PT sofre golpe”, diz Anísio sobre intervenção da nacional

Nos últimos dias muito se ouviu as criticas do deputado estadual Anísio Maia (PT), que registrou sua candidatura pela sigla à sucessão na Capital, tendo como vice Percival Henriques, do…

Siqueira atiça fogueira do PT e PSB: “Não ter a companhia do PT é muito bom”

O apoio da Executiva Nacional do PT ao nome do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na disputa pela PMJP vem causando um verdadeiro alvoroço na política da Capital paraibana desde que…