Por pbagora.com.br
Foto: José Cruz/ Agência Brasil

O ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (psb) teve seu pedido de habeas corpus negado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes. A solicitação tinha objetivo de flexibilizar da medida cautelar que impede o ex-governador de se ausentar de João Pessoa.

A defesa de Ricardo alegou excesso de prazo na cautelar “sem que tenha sido recebida a denuncia da ação penal e sem a permanência de condições que a justifiquem, visto que os supostos fatos delituosos teriam se encerrado em 2018”.

No entanto, o pedido não foi aceito pelo ministro.

Redação

Notícias relacionadas

Prefeita de Conde diz não ter parentes na gestão e rebate denúncia de nepotismo

A prefeita de Conde, Karla Pimentel, rebateu, neste domingo (16), denúncia feita ao Ministério Público Estadual (MPPB) de suposta prática de nepotismo e contratação de servidores fantasmas na Prefeitura da…

“Terá candidato”, diz Galdino garantindo que João irá se pronunciar sobre eleição presidencial

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o deputado Adriano Galdino, afirmou, neste final de semana, que o governador João Azevêdo (Cidadania) não deve ficar em cima do muro,…