Por pbagora.com.br

Nestas cidades autoridades locais, simplesmente, decidiram derrubar a obrigatoriedade do capaceteMotoqueiros trafegando pelas ruas de Sousa e Cajazeiras fazendo uso de capacete, é algo raro de se ver. Entretanto, apesar de estarem infringindo a legislação de trânsito em vigor no País, nestes municípios eles têm uma espécie de autorização para deixar de lado o equipamento de segurança.

Nestas cidade autoridades locais juntamente com representantes da sociedade civil organizada, simplesmente, decidiram derrubar a obrigatoriedade do capacete, no intuito de prezar pela segurança.

De acordo com o diretor-superintendente da STTrans em Sousa, José Allan Dantas de Abrantes, o “acordo branco” foi firmado tomando por base a grande quantidade de crimes protagonizados por motoqueiros.

“Como eles estavam acobertados pelo capacete, se tornava impossível a identificação dos criminosos. Esta é uma decisão antiga que, inclusive, não concordo. Mas, enquanto nosso órgão não pode punir, não podemos determinar uma mudança”, justificou.

Acordos parecidos se aplicam a muitas cidades pelo interior do Estado. Cajazeiras é uma delas. Lá, o trafego de veículos e pedestres é monitorado pela Superintendência Cajazeirense de Transportes e Trânsito (SCTrans). Segundo o superintendente do órgão, Marcos Túlio, o acordo em vigor no município foi firmado em administrações passadas e, por isso, está sendo revisto.

 

 

Do Jornal Correio da Paraíba

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TRE/PB cogita suspender diplomação presencial de eleitos por conta da Covid

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, Joás de Brito, garantiu, durante entrevista nesta quarta-feira (02), que os juízes eleitorais distribuídos pelo estado terão a liberdade de decidir se…

Karla Pimentel cobra de Márcia Lucena publicação de ato para transição

A prefeita eleita do município de Conde-PB, Karla Pimentel, protocolou junto à Prefeitura Municipal, desde o dia 17/11/2020, os nomes da sua equipe de Transição para atuar em conjunto com…