Assim como em João Pessoa, o comando do Cidadania em Campina Grande também deverá recair sob o comando de um Bruno, mas não o Cunha Lima. Enquanto na Capital do Estado o partido é dirigido pelo vereador Bruno Farias, na Rainha da Borborema a missão está para ser entregue ao também vereador Bruno Faustino, do PSB.

Faustino revelou, em entrevista, que durante toda essa semana esteve recebendo emissários da direção estadual do partido Cidadania justamente para fazer essa articulação.

De acordo com o parlamentar, ele foi sondado para conduzir o partido do governador João Azevedo em Campina Grande e formar uma chapa proporcional para disputar vagas na Câmara Municipal.

Por enquanto ainda não há nada formalizado. Ele revelou que antes irá consultar lideranças como o deputado Adriano Galdino (PSB) e o senador Veneziano Vital (PSB) para definir seu futuro político, já que os dois são aliados, também filiados ao PSB, mas que já externaram desejo de não marchar com a legenda.

Atualmente, em Campina Grande, o partido é presidido pelo militar Laerte Melo, que tem mandato válido até 2021.

EM TEMPO

Na tarde desta sexta-feira (21) o jornalista Luís Tôrres revelou, durante o programa Arapuan Verdade, que era Bruno Cunha Lima (sem partido) que estaria sendo sondado para assumir a legenda. A informação, no entanto, foi desmentida pelo presidente Ronaldo Guerra.

O portal PB Agora também entrou em contato com outras lideranças do Cidadania, que classificaram a informação envolvendo Cunha Lima como barrigada.

PB Agora

 

 

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cícero Lucena revela que cogitou disputar Prefeitura de João Pessoa

Longe da política, o ex-senador da Paraíba, Cícero Lucena (PP), revelou em entrevista que cogitou a possibilidade de retornar à vida pública, após deixar o PSDB e filiar-se ao Partido…

Sob o comando de Pedro Cunha Lima, PSDB fica sem representante na CMCG

O presidente do PSDB paraibano, deputado federal Pedro Cunha Lima que também é filho do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB), parece não ter o mesmo poder de persuasão do pai…