Por pbagora.com.br

Vereadores de situação em CG acreditam que houve injustiça na decisão que cassou VEneziano e afirmam que houve uma fábrica de ações contra o cabeludo durante campanha eleitoral

Vereadores da situação em Campina Grande acreditam que houve injustiça na decisão do juiz Francisco Antunes Batista, da 16ª Zona Eleitoral, que cassou os diplomas do prefeito Veneziano Vital do Rego e do vice-prefeito José Luiz Junior. Para eles durante a Campanha eleitoral do prefeito houve uma fábrica de ações contra o cabeludo que culminaram na sua cassação.

Para o vereador Fernando Carvalho (PMDB) tudo será explicado em tempo hábil e a inocência do prefeito Veneziano será comprovada e todo esse pesadelo terá um fim feliz. “Nós acreditamos no trabalho honesto desenvolvido pelo prefeito Veneziano e temos que lembrar que as contas de Veneziano em 2008 foram aprovadas, logo não cabe a cassação”, finalizou.

Simone Duarte

PB Agora
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Justiça decreta bloqueio de bens de ex-presidente da Câmara de Cabedelo

A 4ª Vara Mista de Cabedelo deferiu a liminar requerida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) e decretou a indisponibilidade dos bens até o limite de aproximadamente R$ 801 mil…

Presidente do Podemos-PB é nomeado secretário pelo governador João Azevêdo

O ex-vereador de Campina Grande, Joseildo Alves, o Galego do Leite (Podemos), foi nomeado pelo governador João Azevêdo como secretário executivo de Articulação Municipal do Estado. Galego é presidente estadual…