Empenhado na luta para minimizar os efeitos do novo coronavírus, o senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) afirmou que ainda é muito cedo para decidir sobre a possibilidade de adiamento das eleições deste ano.

Em entrevista a Rádio Caturité FM, Veneziano ressaltou que é preciso observar o cenário da pandemia do novo coronavírus no Brasil.

Ele destacou que a projeção é de que a curva ascendente da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, se estenda até junho deste ano.

– Estamos acompanhando as impressões da própria corte do Tribunal Superior Eleitoral. Não dá para que você nesse instante já crave a necessidade de se fazer o adiamento das eleições – enfatizou.

Segundo Veneziano, porém, não se pode descartar a possibilidade de adiamento das eleições do mês de outubro para dezembro. No entanto ele entende que as discussões sobre o adiamento das eleições, neste momento, são precipitadas e os esforços dos parlamentares devem se concentrar, agora, na mitigação do novo coronavírus. Veneziano já apresentou quatro projetos de Lei que visam minimizar o impacto do novo vírus tanto na economia como na saúde das pessoas.

“Tenho dito que acho mais prudente, mais sensato, antes de nos anteciparmos aos fatos, por mais que haja, e efetivamente estamos estamos vivenciando uma situação delicada, mas você antecipar-se sobre aquilo que não é palpável, eu penso que ser precipitado. Vamos esperar, trabalhar, nos comprometer com a responsabilidade cidadã, que é de fazer o isolamento social, para que não haja os picos de curvas ascendentes entre os picos de abril e maio, e a partir desses meses, ver se há ou não possibilidade de realizar ou não a eleição”, avaliou o senador.

Com o avanço do novo coronavírus, as propostas legislativas de adiamento das eleições municipais de 2020 para 2022, devido à pandemia de coronavírus, têm ganhado força entre senadores. Um deles é o líder do PSL, senador Major Olimpio (PSL-SP), que defende a unificação dos pleitos federais, estaduais e municipais, evitando-se os gastos com as campanhas eleitorais deste ano.

Severino Lopes
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pela segunda vez Prefeito de Bananeiras tem contas reprovadas no TCE

A sessão remota aconteceu no dia de ontem (27) e apreciou nessa vez as contas do ano de 2016 do município de Bananeiras com a relatoria do Conselheiro Antônio Claudio.…

Vídeo: em pronunciamento polêmico, filho do presidente diz que haverá “ruptura institucional” no Brasil

Em live intitulada Nunca deixe um ditador calar a sua voz e organizada pelo blogueiro Allan dos Santos — que foi um dos alvos da operação contra fake news —,…