Senador paraibano lamenta situação de prestadores de serviços no Estado: “Torço para que o paraibano no futuro não precise dar um emprego público ao filho ou a um neto”

Um mudança de paradigmas na economia do Estado. É o que defendeu o senador paraibano Roberto Cavalcanti (PRB) em entrevista ao PB Agora, quando analisou a situação dos mais de trinta mil prestadores de serviço que podem ser demitidos pelo Governo da Paraíba.
 

“A nossa área industrial não pode continuar estagnada, desejo que posamos reverter essa dependência tão forte de determinados setores ao Governo do Estado. Torço para que o paraibano no futuro não precise dar um emprego público ao filho ou neto”, contou.
 

Cavalcanti revelou que tal conjuntura faz com que as eleições na Paraíba se tornem bastante acirrada.
 

“Existe o tudo ou nada, como a Paraíba depende de emprego público, federal, estadual ou municipal e as empresas dependem do governo para sobreviver, a eleição é diferente de outros estados no país”, explicou.
 

Por fim o senador paraibano disse que quando existe uma eleição está em jogo a vida de 80% da população.

 

“Trinta mil empregos abalam a economia do Estado, isso mexe com todos os setores produtivos e é necessário um entendimento”, concluiu.
 

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPF pede quebra de sigilo bancário de ex-prefeito no âmbito da Operação Andaime

No âmbito da Operação Andaime, deflagrada em 2015, o Ministério Público Federal (MPF) solicitou a quebra do sigilo bancário e fiscal do ex-prefeito de Santa Cruz (PB), Raimundo Antunes. De…

Auxiliar nega articulação para disputa de CG: “Não foi discutido com governador”

O secretário de Saúde do Estado da Paraíba, Geraldo Medeiros, voltou a negar, durante entrevista essa semana a existência de articulações envolvendo o nome dele para a disputa pela prefeitura…