Por pbagora.com.br

Nem tudo para no Congresso Nacional quando começa o recesso parlamentar. Além de manter as atividades administrativas normais nesse período, o Senado começa a se preparar para um evento que ocorrerá somente daqui a seis meses: a cerimônia de posse do novo presidente da República. A notícia é da Agência Brasil.

Segundo a Secretaria-Geral da Mesa do Senado, responsável pela organização do evento, muitos setores estão envolvidos na empreitada, que inclui desde pequenos detalhes, como a contratação de calígrafos e a impressão de convites, até a preparação jurídica da sessão que dará posse ao presidente eleito no pleito de outubro próximo.

“São muitos detalhes, como a definição dos funcionários que estarão de plantão cuidando da luz, do ar-condicionado, dos computadores, dos médicos e policiais que irão trabalhar e até a preparação do livro de posse. Desde Café Filho, há muitos anos, temos um mesmo livro de posse”, informa a secretária-geral da Mesa, Cláudia Lyra.

Para se ter uma ideia, no primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foram emitidos mais de 1.700 convites para a posse. Naquela época, não havia controle de presença e não se sabe quantos convidados compareceram, mas este ano um sistema de código de barras nos convites deverá fazer a contagem.

No dia da posse, 1º de janeiro de 2011, os vencedores da eleição de outubro próximo entrarão no plenário da Câmara dos Deputados como presidente e vice-presidente eleitos e sairão como presidente e vice-presidente da República. A sessão será aberta pelo presidente do Congresso Nacional, senador José Sarney (PMDB-AP), que deverá convidar o presidente eleito para fazer o juramento constitucional. Em seguida, Sarney o declarará empossado, e começarão os discursos.

A cerimônia também será transmitida em um telão no plenário do Senado porque o da Câmara não comporta o número de convidados previstos. A lista será feita em parceria com outros órgãos, entre eles, o Ministério das Relações Exteriores, que indicará os convites que deverão encaminhados a outros países.

 

Consultor Juridico

Notícias relacionadas

Levantamento do PB Agora contabiliza 10 nomes cotados para disputar única vaga da Paraíba no Senado em 2022

Um levantamento feito pela reportagem do PB Agora contabilizou ao menos dez nomes cotados para ingressar na disputa pela única vaga da Paraíba no Senado Federal nas eleições de 2022.…