A Paraíba o tempo todo  |

Sem solução pronta: Estado ainda não definiu como lidará com os servidores que recusaram vacina na PB

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Governo da Paraíba ainda não definiu qual solução adotará para lidar com o problema da recusa da vacinação por parte de agentes públicos, sobretudo da Segurança Pública. Em entrevista nesta quarta-feira (07), o secretário de Estado da Segurança Pública, Jean Nunes, afirmou que não há receita pronta, já que o problema não é só da Paraíba, mas é registrado em nível nacional.


“Acredito que não há regulamentação no Estado. Está todo mundo na mesma situação, seja o funcionalismo público, empresas privadas. A verdade é que ninguém sabe lidar com essa situação e não adianta dizer que tem solução pronta para isso, porque não tem”, disse.

Segundo o secretário, está discutindo internamente a questão e medidas administrativas estão sendo estudadas para regulamentar a situação.

“A gente tem acompanhado essa situação em nível nacional e com as públicas não é diferente, onde durante a pandemia nós aprendemos a lidar que ocorreram. Isso é uma situação nova, não se espera que em um processo de vacinação se ocorra isso, mas havendo o Estado precisa enfrentar a situação, regulamentar e ver como pode ser tratado isso”, afirmou o secretário de Estado da Segurança Pública.

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe