Por pbagora.com.br

A derrota nas eleições presidenciais este ano não desanimou a cúpula do Partido dos Trabalhadores na Paraíba, que já se articula para ser protagonista em mais uma eleição – a de Cabedelo.

Sem o PSL do presidente eleito Jair Bolsonaro, o diretório estadual do PT na Paraíba se reuniu com a direção municipal nesta segunda-feira (12), justamente para articular a proposta e o nome para representar a legenda no pleito que se avizinha.

A definição deve sair até o 18 deste mês, data em que acontece a convenção partidária. O nome mais cotado, até agora, é o do deputado estadual Anísio Maia (PT).

As eleições suplementares em Cabedelo acontecem dia 9 de dezembro deste ano.

O presidente do PT/PB, Jackson Macêdo,  disse que o Partido vem construindo uma forte oposição há muito tempo na cidade. O Presidente municipal, Sandro Batista que também é Presidente do Sindicato dos Servidores, juntamente com os companheiros e companheiras do PT na cidade, foram fundamentais em todo processo de denúncias que culminou com a operação Xeque-Mate, que apura esquema de corrupção no município.

“O PT já governou Cabedelo e tem uma história de lutas na cidade. Essa eleição é a oportunidade de assumirmos nosso protagonismo político no município”, apontou Jackson. “Vamos até o próximo dia 18 (dia das Convenções) continuar conversando com o PT local, com o Sindicato dos Servidores e construir a possibilidade desta candidatura própria”, defendeu.

 

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Notícias relacionadas

Adriano, Murilo, Nabor e Hugo discutem recursos para Paraíba e projeções políticas para 2022

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, o prefeito de Patos Nabor Wanderley, o deputado federal Hugo Motta e o secretário de Articulação Política do Estado, Murilo Galdino,…

Opinião: a pandemia mudou o mundo e fez o PT buscar novos caminhos para enfrentar Bolsonaro

A grande história do ser humano foi marcada, em momentos cruciais, com avanços científicos, tecnológicos e até mesmo guerras. E sim! O homem vive, na atualidade, essas três vertentes de…