Por pbagora.com.br

Grande parte dos deputados estaduais da Paraíba não compareceu à sessão desta terça-feira (14) na Assembléia Legislativa e por falta de quorum a votação sobre a extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) ficará para a próxima terça-feira (21).

Na manhã de hoje a Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa decidiu não atender pedido formal do governador José Maranhão (PMDB) de suspensão do processo de extinção do Tribunal de Contas dos Municípios e deixou para o plenário resolver a tramitação das Propostas de Emenda Constitucional que extinguem o novo tribunal.

Em plenário, o parecer contrário ao pedido de devolução da PEC de autoria de Iraê Lucena precisará apenas de 19 votos para ser aprovado. No caso da PEC nº 13, de autoria de Cássio, só será necessária maioria simples para aprovação, devendo ser formalmente sacramentada a extinção do Tribunal de Contas dos Municípios.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente do Podemos-PB é nomeado secretário pelo governador João Azevêdo

O ex-vereador de Campina Grande, Joseildo Alves, o Galego do Leite (Podemos), foi nomeado pelo governador João Azevêdo como secretário executivo de Articulação Municipal do Estado. Galego é presidente estadual…

Opinião: Karla Pimentel e parceiros “salvam” o Conde da podridão deixada pela gestão anterior

É da tragédia ‘Hamlet’ a origem da expressão: ‘Há algo de podre no reino da Dinamarca’. A frase, cunhada por Shakespeare, se referia a traições e homicídios que ocorriam na…