A base aliada do governador João Azevêdo (PSB), na Assembleia Legislativa da Paraíba, que, no primeiro semestre, se dividiu em dois blocos – o blocão e o bloquinho – deve iniciar o segundo semestre sem divisões. Pelo menos é essa a orientação que foi dada pela gestão estadual aos líderes do blocão – Wilson Filho (PTB) -, do governo – Ricardo Barbosa (PSB) – e do bloquinho – Jùnior Araújo (Avante).

Segundo Wilson Filho, foi firmado um acordo junto ao governador para que neste segundo semestre não haja mais essas reuniões, como aconteceram no primeiro semestre, do G10 com o governador João Azevêdo (PSB), do blocão com o governador, de forma isolada.

“Ao final do primeiro semestre se teve uma orientação junto ao governador, junto aos líderes, a mim, ao líder Ricardo Barbosa e ao líder Júnior Araújo de que a a partir do segundo semestre a base seria tratada como base, como única, unida, ao lado, e tendo a mesma estratégia, acredito que esses sejam os primeiros passos para a retomada dos trabalhos na Casa”, ressaltou.

A retomada dos trabalhos propriamente ditos na Casa de Epitácio Pessoa acontecem na próxima terça-feira (06).

 

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: Cícero, a pré-candidatura e a antecipação de propostas de gestão para o novo normal

De direito, Cícero Lucena (Progressitas) é pré-candidato à sucessão de Luciano Cartaxo na Prefeitura de João Pessoa. De fato, é candidatíssimo, além de páreo duro para qualquer um. O “Caboclinho”…

Presidente do PT-PB aponta “guerra das oligarquias” dentro do grupo de Romero

Por meio das suas redes sociais o presidente estadual do PT-PB Jackson Macedo voltou ontem (09), a usar uma matéria do portal, para expressar seu lamentos sobre o que estipulou…