Devido o avanço da pandemia do coronavírus, e do futuro ainda incerto, alguns parlamentares do país já admitem a possibilidade de pedir a Justiça Eleitoral para cancelar as eleições municipais marcadas para outubro. Porém o mais certo até agora é a possibilidade do adiamento das eleições para o mês de novembro. Independente de qual seja a medida adotada até o momento a bancada federal paraibana composta por três senadores e doze deputados federais não tem uma posição unânime sobre este tema.

A informação do coordenador Efraim Filho (DEM) leva em consideração as diferentes avaliações que já foram demonstradas no grupo e, por isso, cada parlamentar deverá seguir orientação individual ou do partido a que pertence.

“Não temos posição de bancada paraibana, porque vai da convicção pessoal de cada parlamentar, até mesmo dentro de seus partidos. Acho que a bancada paraibana vai ter uma posição de liberar seus parlamentares para que votem de acordo com sua convicção”, disse Efraim. O deputado democrata disse que há opiniões favoráveis e contrárias dentro da bancada.

De acordo com Efraim, o assunto tem provocado vários entendimentos entre os congressistas paraibanos. “Seguramente teremos divergência. Já sabemos que tem uns posicionamentos favoráveis ao adiamento e outros de manutenção das eleições em outubro. Tem ainda alguns parlamentares com proposta de cancelamento das eleições e da prorrogação do mandato”, informou.

 

Redação

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ruy defende trabalho dos educadores físicos e abertura das academias

A retomada das atividades das academias de ginástica, que têm relação direta com a saúde das pessoas deve acontecer imediatamente. Foi o que defendeu Ruy Carneiro durante reunião virtual com…

Efraim aprova socorro às micro e pequenas empresas na Câmara

Objetivo da MP 975, de relatoria do deputado Efraim Filho, é conceder crédito rápido e barato a pequenas e médias empresas afetadas pela crise da Covid-19 Aprovada na Câmara dos…