O prazo acabou e a Câmara Municipal seguirá com seus suplentes. Sem a volta de alguns secretários da gestão do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) para a Casa, não haverá dança das cadeiras, pelo menos por enquanto.

 

O prefeito tinha dado o prazo de 31 de janeiro para que políticos que desejassem disputar as eleições de 2018 deixassem os cargos na gestão para assim acelerar a recomposição de quadro na reforma de secretariado.

 

Alguns deixaram, como o ex-secretário de Mobilidade Urbana, Carlos Batinga que é suplente de deputado e deve assumir a cadeira e Jutay Menezes que é deputado e estava na pasta de Esportes. No entanto, outros resolveram ficar como foram os casos dos vereadores que estão secretários, Helton Renê (Procon Municipal), Durval Ferreira (Ciência e Tecnologia).

 

Benilton Lucena (Ouvidoria) e Bira Pereira (Transparência) que poderiam sair da prefeitura e pleitear algum mandato decidiram permanecer nos cargos.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Especialista critica excesso de partidos na Paraíba: “Termina prejudicando”

O cientista político Lúcio Flávio Vasconcelos, doutor em história política pela Universidade de São Paulo (USP) e professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), afirmou, em entrevista a imprensa esta…

Opinião: Eliza estimula suicídio e recrimina discussão sobre violência contra mulher

O cuidado quando se escreve sobre algo ou alguém requer, antes de tudo, certa parcialidade, pois entendo que ser imparcial por completo é algo fantasioso e humanamente impossível de ser…