O secretário José Maria de França vai sair desse governo com um recorde. Foi o auxilar de José Maranhão que mais teve o pedido de prisão decretada. Na última sexta, foi mais um dele. Decisão judicial obrigava o secretário de Saúde do Estado a assegurar o fornecimento do medicamento Lucentis, para quem sofre de doença degenerativa, sob pena de prisão.

E ainda multa de R$ 40 mil. Zé Maria, segundo informações, estava no Rio de Janeiro e não pôde ser notificado.

 

Blog do Luís Torres

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sem acordo com PMJP, Guarda Municipal deve cruzar os braços

A Guarda Municipal de João Pessoa realizou, nesta quarta-feira (21) uma paralisação em protesto contra a falta de diálogo da administração municipal em relação a negociação salarial, João Pessoa paga…

Ex-prefeito de Catingueira é condenado por crime de estelionato

O ex-prefeito do município de Catingueira, José Edivan Félix, foi condenado a uma pena de três anos, nove meses e 15 dias de reclusão, por desvio de verbas municipais em…