O secretário José Maria de França vai sair desse governo com um recorde. Foi o auxilar de José Maranhão que mais teve o pedido de prisão decretada. Na última sexta, foi mais um dele. Decisão judicial obrigava o secretário de Saúde do Estado a assegurar o fornecimento do medicamento Lucentis, para quem sofre de doença degenerativa, sob pena de prisão.

E ainda multa de R$ 40 mil. Zé Maria, segundo informações, estava no Rio de Janeiro e não pôde ser notificado.

 

Blog do Luís Torres

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após convite de Efraim Filho, presidente do INSS confirma presença em abertura de agência em Picuí

Em reunião com o presidente do INSS, Renato Vieira, o deputado Efraim Filho (DEM/PB) abordou diversos assuntos relacionados ao órgão na Paraíba, entre eles o término das obras da agência…

Citada na Calvário, deputada Estela coloca sigilos à disposição da Justiça

A deputada Estela Bezerra (PSB) que foi citada na Operação Calvário, colocou os seus sigilos bancário, patrimonial e telefônico à disposição da Justiça. A decisão foi informada através de nota…