Por pbagora.com.br

A vereadora pessoense Sandra Marrocos (PSB) taxou de “falta de coragem” a decisão do presidente do PV da Paraíba, Luciano Cartaxo e de seu irmão Lucélio Cartaxo, de liberar “filiados e a militância do partido no que diz respeito à opção de escolha de candidato para o segundo turno do pleito para presidente da República”, conforme o prefeito de João pessoa divulgou em nota. Para ela, alguém que “se propõe a ser uma liderança política”, não deveria ficar neutro nesta eleição.

 

“O prefeito de uma cidade importante como João Pessoa, e, além disso, participou do último pleito eleitoral, [escolher] a neutralidade num momento de disputa de sociedade, na minha avaliação, tem uma certa falta de coragem. Esse momento histórico que requer de nós – e muito mais de quem está em espaço de poder – coragem”, afirmou Sandra Marrocos ao Blog do Gordinho.

 

“Vejo com muita tristeza alguém que se dispõe a ser uma liderança política não ter coragem de assumir uma postura diante desse momento que o país vive”, completou a vereadora.

 

Conforme a socialista, o país não vive uma disputa eleitoral qualquer, vive uma disputa de projeto de sociedade. Além disso, ela parabenizou o governador Ricardo Coutinho (PSB) pela coragem e coerência com quem tem apoiado Haddad – de forma pública, em discursos durante a campanha eleitoral, convocando atos e se mobilizando nas redes sociais.

 

Confira notas de Luciano e Lucélio

 

Nota de Luciano Cartaxo

 

Face à demora e a indefinição da direção nacional do PV em relação à disputa do segundo turno da eleição nacional, o presidente estadual da legenda na Paraíba, prefeito Luciano Cartaxo, resolve liberar filiados e a militância do partido no que diz respeito à opção de escolha de candidato para o segundo turno do pleito para presidente da República.

 

O presidente do PV explicou que a liberação vai no sentido de assegurar a liberdade democrática e a autonomia individual e permitir que cada um vote de acordo com sua consciência.

 

Nota de Lucélio

 

O ex-candidato a governador pelo PV, Lucélio Cartaxo, afirmou nesta terça-feira que segue a orientação da direção estadual do partido na Paraíba de liberação de escolha em relação ao segundo turno das eleições para presidente da República.

Segundo Lucélio, o momento e a nova política exigem respeito às diferenças, com a preservação da liberdade de opção de voto de acordo com a consciência de cada um.

 

Lucélio também afirmou que pretende manter a atuação política no Estado, dialogando com a população e vigilante no sentido de cobrar o cumprimento de promessas feitas na campanha eleitoral como forma de solucionar os graves problemas da Paraíba.

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PBAgora/Datavox: gestão João é aprovada por 58,2%, em Princesa

A gestão do governador João Azevêdo (Cidadania) é aprovada por 58,2% da população do município de Princesa Isabel. Os números são resultados da pesquisa Datavox/PB Agora realizada na cidade, entre…

OUÇA: RC defende união de forças contra possibilidade de gestão bolsonarista em JP

O ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) afirmou que está disposto a fazer tudo o que for possível para impedir que admiradores – ou seguidores – do presidente Jair Bolsonaro…