Foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (4) a lei 11.700/2020, de autoria do deputado estadual Wilson Filho (PTB), que disciplina o espaço mínimo e o número de pessoas que podem entrar em agências bancárias e casas lotéricas na Paraíba durante a pandemia de covid-19.

A lei prevê distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas dentro das instituições e no máximo dez clientes por vez no interior delas. Em caso de agências consideradas de grande porte, o número aumenta para 20. A fiscalização ficará a cargo do Procon estadual, que poderá arbitrar multa de 100 a 1.000 Unidades Fiscais de Referência do Estado da Paraíba (UFR-PB) à agência descumpridora.

“Não podemos permitir que as pessoas, neste momento de fragilidade financeira, corram o risco de se infectarem com o novo coronavírus ao exercerem o direito básico de ter acesso ao meio que irá garantir o pão de cada dia às suas famílias”, afirmou o deputado.

Outra lei sancionada pelo governador João Azevêdo (Cidadania), desta vez em coautoria com o deputado estadual Wallber Virgolino (Patriota), determina uma série de obrigações quanto à organização do interior dos bancos e lotéricas e impõe medidas sanitárias a serem executadas pelas próprias instituições financeiras.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vice-prefeito de CG é contra antecipação de escolha de candidato à sucessão

“Tem que aguardar os acontecimentos para no tempo certo definir eleição”. O alerta foi dado nesta segunda-feira (06), em entrevista à uma rádio em Campina Grande, pelo presidente estadual do…

Eleições 2020: Ruy minimiza futuro embate com Cícero na disputa pela PMJP

Pré-candidato à prefeitura de João Pessoa pelo PSDB, o deputado federal Ruy Carneiro minimizou, durante entrevista à reportagem do PB Agora, concedida ao jornalista Eliabe Castor, o embate futuro com…