Por pbagora.com.br

O empresário Artur Bolinha, que é candidato à prefeitura de Campina Grande pelo PSL nas eleições municipais desse ano, anunciou, em suas redes sociais, que renunciará ao salário de prefeito caso seja eleito na corrida sucessória na cidade. O montante, que não existe ainda, é praticamente igual ao valor do fundo partidário destinado à campanha do candidato.

Conforme dados do DigulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral, até agora foram destinados R$ 1.312.000,00 (Um milhão trezentos e doze mil) para ser gasto nesses 45 dias de campanha.

Apesar do investimento, na primeira pesquisa eleitoral registrada sob o protocolo PB 00020/2020 e divulgada na cidade pelo Instituto Opinião, o candidato do PSL aparece como quarto colocado na disputa, figurando com apenas 6,8% das intenções de voto. Bolinha aparece atrás de Bruno Cunha Lima (PSD), Inácio Falcão (PCdoB) e Ana Cláudia (Podemos).

Nas redes sociais, vários memes com o ‘compromisso’ de Bolinha em renunciar aos valores ainda inexistentes chegaram a virar motivo de piada.

 

Redação 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Juventude do PSDB anuncia apoio ao candidato Nilvan Ferreira

O candidato a prefeito de João Pessoa, Nilvan Ferreira (MDB) recebeu o apoio da Juventude do PSDB. O encontrou que aconteceu na noite deste domingo (22) reuniu os presidentes Estadual…

Opinião: a real “realidade” das desavenças com Cícero Lucena e Cássio

E o tribunal do júri está aberto. Os ex-governadores sabem perfeitamente como atingir à pessoa do outro. Falo de Cícero Lucena (PP) e Cássio Cunha Lima (PSDB). Ao que parece,…