A Paraíba o tempo todo  |

Salários de prefeito renunciado por Artur Bolinha em CG é quase o mesmo valor já arrecadado na campanha

O empresário Artur Bolinha, que é candidato à prefeitura de Campina Grande pelo PSL nas eleições municipais desse ano, anunciou, em suas redes sociais, que renunciará ao salário de prefeito caso seja eleito na corrida sucessória na cidade. O montante, que não existe ainda, é praticamente igual ao valor do fundo partidário destinado à campanha do candidato.

Conforme dados do DigulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral, até agora foram destinados R$ 1.312.000,00 (Um milhão trezentos e doze mil) para ser gasto nesses 45 dias de campanha.

Apesar do investimento, na primeira pesquisa eleitoral registrada sob o protocolo PB 00020/2020 e divulgada na cidade pelo Instituto Opinião, o candidato do PSL aparece como quarto colocado na disputa, figurando com apenas 6,8% das intenções de voto. Bolinha aparece atrás de Bruno Cunha Lima (PSD), Inácio Falcão (PCdoB) e Ana Cláudia (Podemos).

Nas redes sociais, vários memes com o ‘compromisso’ de Bolinha em renunciar aos valores ainda inexistentes chegaram a virar motivo de piada.

 

Redação 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe