O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) divulgou, ontem, a 4ª Edição da Escala Brasil Transparente (EBT) – Avaliação 360°, contendo o novo ranking da Transparência pública no País, que conta com Guarabira como o município mais transparente do Estado, com nota de 8,51, e em 117º na classificação nacional.

Em segundo lugar aparece João Pessoa, que já liderou na primeira e segunda edições o ranking no Estado, com nota 7,99, ocupando a 174º posição na classificação geral. No entanto, na edição passada, a Capital paraibana, obteve nota 9,16, passou a ocupar o 14º no Estado e o 170º em nível nacional. Agora, subiu na avaliação estadual, mas registrou queda de quatro posições no cenário nacional.

O terceiro municipal apontado como mais transparente do Estado é o de Cabedelo, que obteve nota 7,63, e ficou em 220º no ranking nacional. Sapé aparece logo em seguida com 6,99, e na 288º posição nacional; e Campina Grande, aparece na quinta posição entre as cidades paraibanas, com nota de 6,70, em 312º no ranking nacional.

Já o Governo da Paraíba apareceu na 19ª colocação entre os estados brasileiros, com nota de 7,42 em transparência. Na avaliação passada, quando obteve nota 8,8, ficou em 23º lugar no ranking nacional. A Escala Brasil Transparente (EBT) é uma ferramenta de monitoramento da transparência pública em estados e municípios brasileiros. O levantamento, chamado EBT, avalia o grau de cumprimento às normas da Lei de Acesso à Informação (LAI).

 

 

Redação

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Barbosa minimiza possibilidade de mais deputados da base serem citados na Calvário

Após a deputada estadual Estela Bezerra (PSB) ser citada na Operação Calvário e ter colocado seus sigilos bancário, patrimonial e telefônico à disposição da Justiça, para que, segundo ela, tudo…

Julian não assinou lista que alçava filho de Bolsonaro à liderança do PSL

Os áudios polêmicos do deputado federal Julian Lemos e de Jair Bolsonaro, amplamente divulgados na imprensa, além da informação de que o presidente teria uam ‘lista negra’ de traidores e…