Depois de votar contra a criação do Fundo Eleitoral e Partidário, o deputado federal paraibano Ruy Carneiro defendeu nesta quinta-feira (9) a decisão da Justiça Federal de bloquear a liberação dos R$ 3 bilhões previstos para o fundo neste ano e destinar os recursos integralmente ao combate à pandemia do novo coronavírus.

“Todos os esforços neste momento devem ser feitos em favor da vida, em defesa das vidas das pessoas”, diz Ruy, acrescentando: “É preciso concentrar os recursos do país nesta guerra, lutando de um lado para proteger a saúde de todos e, de outro lado, para garantir a sobrevivência das famílias, oferecendo a renda mínima necessária ao sustento das pessoas”.

Na avaliação de Ruy Carneiro, cada setor da sociedade vai precisar dar o seu exemplo e a sua parcela de sacrifício para que o país como um todo minimize os efeitos negativos desta crise, seja na saúde pública, seja na economia. “Sou contra a criação do Fundo Eleitoral e Partidário e votei contra na Câmara dos Deputados. A maioria aprovou, mas o momento agora é outro, a urgência pede de nós respostas rápidas. Cada dia nessa luta são muitas vidas que salvamos”, defende Ruy Carneiro.

O bloqueio dos recursos do fundo eleitoral e sua destinação ao combate à Covid-19 foi decidido por meio de liminar pelo juiz da 4ª Vara Federal Cível do Distrito Federal, Itagiba Catta Preta.

 

Redação com assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião – Depois da pandemia virá a mais difícil tarefa para os governantes: o ressurgir das cinzas

A tarefa prevista para os chefes de Executivo, em todos os níveis, para o pós-pandemia, não é missão para qualquer um. Principalmente no tocante aos governadores de Estado. Ao final…

Presidente do TRE/PB avisa que Corte está preparada para realizar pleito esse ano

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, José Ricardo Porto, endossou, nesta terça-feira (26) a tese defendida pelo novo ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Alberto Barroso sobre a…