Por pbagora.com.br

A peemedebista Roseana Sarney, que assumiu na última sexta-feira o governo do Maranhão após a cassação de Jackson Lago (PDT), vai anunciar nesta segunda-feira o corte de 12 secretarias de Estado e uma auditoria nas contas do governador cassado.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) cassou na quinta-feira (16) o mandato de Lago e de seu vice, Luiz Carlos Porto (PPS), por abuso de poder político nas eleições de 2006.

Segundo o novo secretário de Comunicação, Sérgio Macedo, Roseana vai diminuir para 30 o número de pastas no Maranhão, e a posse do novo secretariado está marcada para as 16h de hoje no Palácio dos Leões, sede do governo do Estado.

Na sexta-feira, foram empossados o deputado estadual Raimundo Cutrim, do DEM, para a Secretaria de Segurança Pública, e Sérgio Macedo para a pasta de Comunicação.

Para hoje, já há confirmação para a posse dos deputados estaduais César Pires (DEM) para a Secretaria de Educação; Max Barros (DEM) para a Infraestrutura; e Ricardo Murad (PMDB) para a Secretaria de Saúde.

O ex-prefeito de Pinheiro Filuca Mendes assumirá a Secretaria de Cidades e o empresário João Abreu, a Casa Civil. Para a Agricultura, Roseana escolheu o empresário Cláudio Azevedo. Já Maurício Macedo ocupará a pasta de Indústria e Comércio.

O ex-prefeito de São Luís Tadeu Palácio (PDT) deve assumir a Secretaria de Turismo.

Auditoria

O novo secretário de Comunicação afirmou que Roseana vai anunciar hoje uma auditoria nas contas do governador cassado.

Segundo ele, é “prudente” que ela faça isso porque está recebendo o governo no meio do caminho. “Depois que foi cassado, ele liberou o superávit de 2008 em forma de convênios com prefeitos aliados, no valor de R$ 680 milhões.”

Hoje, a governadora também irá anunciar medidas emergenciais para o Estado, além de cortar cerca de 10% dos cargos comissionados.

Licença

A peemedebista vai se licenciar do cargo em maio para realizar uma cirurgia de retirada de um aneurisma cerebral.

Segundo Macedo, a data da cirurgia ainda não está marcada, já que seu médico está no exterior e só deve retornar a partir do dia 10 de maio.

O secretário afirmou que Roseana deve ficar licenciada do cargo por ao menos 25 dias. Durante a licença da governadora, o comando do Estado ficará com o vice, João Alberto (PMDB).

Jackson Lago

O governador cassado, que mostrava resistência em deixar o Palácio dos Leões, desocupou o local no sábado, por volta das 10h30.

Ele seguiu em passeata até a sede de seu partido –distante cerca de 500 metros do palácio.

Na ocasião, ele discursou para cerca de mil pessoas, segundo sua assessoria, e os protestantes queimaram um boneco simbolizando a família Sarney.

 

G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: os riscos decorrentes de um eventual processo de impeachment de Bolsonaro

Sobre um eventual processo de impeachment do presidente Jair Bolsonaro, descortinam-se duas possibilidades preocupantes, tanto para ele e seus seguidores – a que o Brasil já se acostumou a, depreciativamente,…

Políticos repudiam postura de Ney ao supostamente estirar dedo para Maranhão

Políticos paraibanos reagiram com indignação a postura do senador Ney Suassuna, que supostamente teria gesticulado com gesto ‘pejorativo’ ao falar da evolução do quadro de saúde do senador José Maranhão…