Por pbagora.com.br

 O músico Tico Santa Cruz, vocalista do grupo de rock Detonautas, usou seu perfil no Facebook esta semana para fazer pesadas críticas ao senador Cássio Cunha Lima (PSDB) por causa do artigo proposta pelo paraibano e incluído no texto da minirreforma eleitoral que prevê punições como multa e prisão para quem contratar ou for recrutado para fazer ataques sistemáticos a políticos ou partidos na internet. Uma postagem ofensiva, feita por Tico, ao senador chegou a ter mais de 15 mil compartilhamentos. Ontem, Cássio procurou o artista e solicitou que fosse cedido um espaço na rede social para explicar o teor de sua proposta. O episódio foi contado pelo próprio Tico, no Facebook.

"Hoje recebi um telefonema do Senador Cassio Cunha Lima- PSDB/PB. Autor de um texto da mini reforma eleitoral que foi interpretado pela imprensa e pelos internautas, como uma tentativa de Censura da Internet.

O projeto que circulou pela Câmara e Pelo Senado rapidamente, já está nas mãos da presidenta Dilma e ontem o próprio Senador Cassio Cunha Lima, na Tribuna do Senado tentou explicar e até se posicionou pelo veto do texto após a polêmica nas Redes Sociais.

Dentre outras questões a proposta previa multa de até 30 mil Reais e um ano de cadeia a quem usasse comentários "ofensivos" a partidos políticos e aos próprios.

Repercutiu mal.

Fiz um post que foi mais de 15 mil vezes compartilhado e teve milhares de likes e mais de 2 mil comentários. Todos ofensivos. O Meu post foi provocativo e ofensivo sim. Por considerar que qualquer tentativa de CENSURA a iNTERNET venha a ser combatida com veemência e determinação.

Mas sou uma pessoa justa e assim como me pronunciei e meus seguidores se pronunciaram, deixei o espaço dessa página aberto para que o Senador da Paraíba possa postar um texto ou um vídeo explicando o projeto da forma que considera melhor e assim possamos entender, debater e nos posicionar com melhor entendimento.

Senador Cassio Cunha Lima, o espaço está aberto para que Vossa excelência possa fazer o uso livre de sua defesa e de suas idéias.

É uma maneira democrática de construir um diálogo aqui na REDE.

Achei a atitude de procurar o diálogo muito corajosa e digna.

Outros políticos poderiam simplesmente ignorar e seguir adiante com as questões que nos afetam sem nos ouvir. Mas fomos ouvidos.

Estamos no aguardo de seu posicionamento para esclarecer da melhor forma que encontra esse Mal entendido – como o senhor mesmo expressou.

Me coloco a disposição para servir de ponte entre o senhor ou qualquer outro político que tenha a intenção de dialogar com os jovens. Acho isso de extrema importância.

E nós continuaremos defendendo o que acreditamos, com a força que nossa união transformadora possuí.

Seguimos adiante".

 

Parlamento

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veja agenda dos candidatos a prefeito de João Pessoa nesta quinta-feira

A quatro dias das eleições, os dois candidatos que disputam a Prefeitura de João Pessoa, intensificam as atividades de campanha buscando os votos dos indecisos. Entrevistas, debate, reuniões e encontros,…

Esquema envolvendo presidente do partido de Nilvan é de mais de R$ 45 mi

Conforme as investigações da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União, que deflagraram na manhã desta quarta-feira (25) a “Operação Poço Sem Fundo” o grupo, que envolve diretamente o…